A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017

15/12/2014 09:27

Chuva atrapalha, mas usinas elevam geração de etanol em 4%

Caroline Maldonado
Processamento de cana-de-açúcar caiu 1,92% em relação ao mesmo do ano passado (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)Processamento de cana-de-açúcar caiu 1,92% em relação ao mesmo do ano passado (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)

A produção de etanol em Mato Grosso do Sul cresceu 4,33% entre abril e novembro deste ano, na comparação com o mesmo período de 2013, passando de 2,1 bilhões de toneladas para 2,2 bilhões de toneladas. A produção de etanol hidratado, aquele comum vendido nos postos, foi elevada em 6%, enquando o etanol, misturado a gasolina, teve redução de 0,3%.

O processamento de cana-de-açúcar neste mesmo período teve queda de 1,92% em relação ao mesmo do ano passado. No acumulado da safra 2013/2014 foram produzidas 39,5 milhões de toneladas, enquanto em na safra atual que vai até abril de 2015, até novembro foram produzidas 38,7 milhões de toneladas, de acordo com a Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

A chuva das últimas semanas atrapalha o processamento em todo o Estado, segundo o presidente da Biosul, Roberto Hollanda. Mas esse fator já era esperado nesta época do ano e é possível que a produção seja elevada com mais unidades moendo em dezembro.

“Na primeira quinzena serão 21 unidades contra 18 que estavam operando ano passado e na segunda quinzena serão 21 contra 11”, destaca o presidente da entidade, que faz levantamento quinzenal do processamento de cana em Mato Grosso do Sul. Segundo Hollanda, o índice que mede a qualidade da matéria prima está em recuperação, com o acumulado já acima do previsto e a quinzena foi bem melhor que a passada.

Mesmo com a redução no volume processado, as usinas comemoram a qualidade da matéria-prima, que se mostra superior ao constatado na safra passada. O índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por Tonelada de Cana) atingiu 127,58 kg na segunda quinzena de novembro. O volume é 10% maior que o da safra passada e no acumulado atingiu 130,14kg, também maior em dois pontos percentuais que o ano anterior.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions