A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

08/12/2015 15:32

Chuva atrapalha moagem de cana e safra deve se estender até fevereiro

Caroline Maldonado
Máquinas tiveram que parar durante chuvas de novembro (Foto: Divulgação/Biosul)Máquinas tiveram que parar durante chuvas de novembro (Foto: Divulgação/Biosul)

As fortes chuvas das últimas semanas atrapalharam a moagem de cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul. As condições climáticas derrubaram a produção em 29% na segunda quinzena de novembro, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A safra começou em abril de 2015 e deveria seguir até janeiro de 2016, mas deve haver uma prorrogação até fevereiro para que sejam recuperados os dias nos quais a moagem foi interrompida pelas chuvas.

O levantamento da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul) revela que apesar da queda na moagem, o índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por tonelada de cana) não sofreu muito impacto, ficando em 130,41 kg no acumulado, volume próximo ao da mesma quinzena da safra passada, que atingiu 122,40kg.

Apesar das intempéries, é possível que o setor alcance o crescimento planejado em todo o Estado, segundo o presidente da Biosul, Roberto Hollanda.

“A chuva atrapalhou muito a safra em novembro, choveu mais que o dobro da média histórica e isso fez com que as usinas do Estado ficassem paradas muitos dias, porém já prevíamos uma prorrogação da safra, que vai até janeiro ou fevereiro de 2016, assim acreditamos que podemos alcançar o crescimento de 15% conforme a expectativa divulgada no início da safra.”

Conforme a Biosul, até a segunda quinzena de novembro foram produzidas 1,19 milhão toneladas de açúcar, volume 4% menor que a produção registrada anteriormente, que foi de 1,24 milhão de toneladas. Da moagem feita até 30 de novembro foram produzidos 594,2 milhões de litros de etanol anidro e 1,86 bilhão de litros de etanol hidratado, resultando 2,45 bilhões de litros de biocombustível produzido, volume 11,31% maior que na safra 2014/2015.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions