A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/01/2010 08:15

Chuva intensa faz ferrugem explodir nas lavouras

Redação

As chuvas acima da média histórica estão proporcionando condição ideal para proliferação do fungo causador da ferrugem asiática e nos últimos dias o número de focos em lavouras de Mato Grosso do Sul aumentou consideravelmente, conforme indica o acompanhamento do Consórcio Anti-Ferrugem.

O primeiro foco desta safra foi encontrado mais cedo, no dia 18 de novembro, em uma lavoura comercial de Aral Moreira. A constatação precoce despertou preocupação de que os casos aumentassem em relação aos anos anteriores, diante do prognóstico de primavera e verão mais chuvoso, que se confirmou.

Desde novembro até ontem foram notificados 73 focos da doença, dos quais 22 apenas nos cinco primeiros dias deste ano, ou seja, 30% dos casos.

O diretor executivo da Fundação Chapadão, Edson Borges, afirma que é certo que na região dos chapadões todas as lavouras têm focos de ferrugem, mas a intensidade destes focos ainda não foi dimensionada.

"O número de aplicações para controle será maior que na safra passada. Enquanto em 2008 os focos apareceram no final de dezembro neste já havia casos no início de dezembro", afirma. Assim, a tendência é que em lavouras de ciclo curto sejam necessárias duas aplicações e nas tardias chegue a três.

O vice-presidente da Famasul (Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul), Eduardo Riedel, alerta os produtores para que não descuidem do monitoramento das lavouras e das aplicações. "As Fundações e a Embrapa têm divulgado bastante as medidas de controle e o produtor rural está bem consciente", acredita.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions