A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/08/2014 08:49

Circuito ExpoCorte reuniu 1,3 mil, com representantes de 42 cidades

Caroline Maldonado
Evento reuniu mais de mil pessoas (Wisley Torales/Jornal Agroin Agronegócios)Evento reuniu mais de mil pessoas (Wisley Torales/Jornal Agroin Agronegócios)

Produtores de 42 municípios de Mato Grosso do Sul participram entre os dias 30 e 31 de julho do 3º Circuito ExpoCorte, realizado em Campo Grande. A participação reflete a união dos produtores, que estão cada vez mais interessados em se atualizar e contribuir para o crescimento do setor no país. A avaliação é do presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Eduardo Riedel.

“É fato que o produtor tem mais consciência e não é mais aquele cidadão que vivia isolado do mundo. Hoje ele é um ator protagonista do processo de evolução do país. Ao mesmo tempo em que ele vem para receber informação que serve para o seu negócio, vem cobrar e criticar. E isso é fundamental, pois ele participa de um processo de evolução do nosso país”, afirmou Riedel.

Dentre as mais de 1.380 pessoas que participaram do evento no Centro de Convenções Albano Franco, 80% são pecuaristas do Estado. Em dois dias, eles discutiram como conseguir o máximo de suas propriedades por meio de 15 palestras, quatro debates e contatos com empresas de referência do setor presentes na feira de negócios que compõe o evento, de acordo com a Famasul.

“Dentre as razões que atraíram um público muito expressivo, destaco a qualidade do conteúdo do evento, não só das pessoas, mas das mensagens que foram passadas e da sensibilidade das várias cabeças que pensaram a programação. A partir do momento em que se decide abordar temas de interesse do produtor, pessoas adequadas para falar daquele tema em um formato que permite participação, ação e aprendizado, o resultado é o sucesso”, avalia o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Eduardo Riedel.

O interesse dos produtores em se reunir revela ainda a necessidade de outros eventos do tipos, na opinião da diretora da Verum Eventos, Carla Tuccilio, que realizou o evento em parceria com a Famasul. “A programação abordou alguns dos principais aspectos que podem ajudar a evoluir o setor, dando espaço para os debates que são extremamente ricos e expressam as demandas e pontos que precisam ser trabalhados em conjunto”, destacou Carla.

Nesta ediçao, o circuito tratou de demandas mundiais pela carne bovina, integração da cadeia, necessidades do consumidor e da indústria, gestão, mão de obra e recursos humanos, questões ambientais e trabalhistas, sucessão dos negócios, novas lideranças e associativismo, além de aspectos técnicos que envolvem a pecuária, como genética, nutrição, pastagens e sanidade.

De acordo com a Famasul, a próxima etapa do circuito será em Ji-Paraná (RO) nos dias 17 e 18 de setembro, seguida por Araguaína (TO) em 15 e 16 de outubro e Uberlândia (MG) em 11 e 12 de novembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions