A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

30/11/2011 23:22

Código Florestal poderá ser votado na terça-feira pelo Senado

Mariana Jungmann, da Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou hoje (30) o requerimento de urgência para votação do novo Código Florestal. Com isso, o substitutivo do senador Jorge Viana (PT-AC) entrará na pauta de votações na terça-feira (6). Ontem (29), uma manobra do PSOL impediu a votação do requerimento, que possibilitaria a votação do projeto ainda nesta semana.

Se for aprovada, a matéria voltará para a Câmara dos Deputados, onde foi criada. Na Câmara, os deputados poderão acatar integralmente o texto do Senado, aceitar apenas algumas das alterações feitas por Viana, ou rejeitar completamente o substitutivo, retornando ao projeto original.

O mais provável, no entanto, é que o texto de Jorge Viana seja aprovado na Câmara, porque foi negociado com o governo e com a bancada ruralista. Apesar disso, ainda há polêmica em torno do substitutivo porque os ambientalistas consideram que o projeto da forma como está é prejudicial para a preservação ambiental.

Após reclamações, Energisa atribui aumento na conta a calorão e férias escolares
Diante de reclamações de clientes sobre aumento na conta de energia, a Energisa esclarece que as altas temperaturas registradas em Mato Grosso do Sul...
Dólar sobe pelo 4º dia seguido e fecha cotado a R$ 3,75
O dólar comercial fechou a sexta-feira (18) em alta de 0,22%, cotado a R$ 3,756 para venda. Este é o 4º avanço consecutivo e o maior valor de fechame...


Por mais que a natureza esteja demonstrando todos os anos, com os seus eventos, os efeitos da interferência do Homem na sua estrutura natural de forma descontrolada. Ainda sim, esses caras podem deixar passar um código que está deixando de ser florestal para virar rural puro e simplesmente. Anistia ou fazer uma compensação por conta dos desmatamentos já feitos, é como ir ao bar e deixar no fiado.
 
Flávio Márcio em 01/12/2011 08:29:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions