A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/02/2015 17:05

Colheita de soja está com atraso de 25,5% com relação à safra passada

Vanda Escalante
Colheitadeiras paradas em lavoura em Dourados, por conta da chuva (Foto: Eliel Oliveira/Arquivo)Colheitadeiras paradas em lavoura em Dourados, por conta da chuva (Foto: Eliel Oliveira/Arquivo)

Circular técnica distribuída pela Aprosoja-MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) demonstra que a colheita da safra 2014/2015 está com “atraso” de 25,5% com relação à mesma época do ano passado.

Os dados foram colhido pelo Siga (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) entre os dias 18 e 20 de fevereiro, em propriedades localizadas em cinco municípios. As principais informações obtidas referem-se à data de plantio da soja, área plantada, estágio da cultura, a pluviosidade, plantas daninhas, pragas e doenças, variedade utilizada nesta safra, entre outras informações.

Com base nessas informações, considera-se que 44,5% da área de soja acompanhada pelo Projeto Siga, já está colhida. Verificou-se que as regiões sudeste e sudoeste estão com a colheita mais avançada, com porcentagem média de área colhida em torno de 51,4%, enquanto as regiões centro e norte estão com 38,1% de sua área colhida.

Na safra 2013/2014 a porcentagem de área colhida no estado encontrava-se em torno de 70% para a mesma data (20 de fevereiro), configurando atraso de 25,5%. As condições climáticas desfavoráveis adiaram o início do plantio, bem como o desenvolvimento da soja na fase de enchimento de grãos nesta safra.

A situação se agravou com a ocorrência de chuvas nas últimas semanas, que interrompem os trabalhos de colheita. Com base nessas informações pode-se contabilizar um total de 1,024 milhão de hectares já colhidos da estimativa de 2,3 milhões plantados nesta safra.

No que se refere à sanidade das lavouras, em Mato Grosso do Sul os números permanecem estáveis, com 19 ocorrências de ferrugem asiática, sendo que no mês de fevereiro, até o momento, não foi registrado nenhum caso, conforme informações do Consórcio Antiferrugem.

A evolução de plantio de milho safrinha nos principais municípios produtores de Mato Grosso do Sul, aponta cerca de 36,6% de área plantada, o que corresponde a aproximadamente 612 mil hectares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions