A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/10/2010 14:34

Comando da PM atende decisão judicial no JBS/Bertin

Redação

O Comando da Polícia Militar contestou denúncias do sindicato que representa trabalhadores do setor da carne sobre suposto abuso contra grevistas no frigorífico JBS/Bertin, em Campo Grande.

Segundo o coronel Carlos Alberto David, comandante da PM, efetivo só foi enviado para o local depois de ordem do Tribunal Regional do Trabalho, no dia 5 de outubro, quando a empresa obteve liminar contra os piquetes. "Só cumprimos decisão judicial, não estamos beneficiando os empresários".

Grupo de 10 policiais fica na portaria do frigorífico nos horários de troca de turno, para evitar que piquetes impeçam que trabalhadores entrem para o serviço, informa o comandante.

David diz que a Justiça considerou violação ao direito de greve ações promovidas pelo sindicato para barrar fornecedores e funcionários de unidades do interior, que foram trazidos para suprir a deficiência na Capital com a paralisação.

Sobre a denúncia de que PMs a paisana estariam infiltrados para descobrir quem são os dirigentes do grupo e reprimir as manifestações, o coronel garante que "nenhum homem da corporação trabalha no local assim, todos estão devidamente fardados e só ficam na mudança de turno".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions