A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/04/2014 14:54

Começa este mês agenda de vacinação contra a aftosa e brucelose

Lidiane Kober

Começa este mês a agenda de vacinação dos rebanhos bovino e bubalino de Mato Grosso do Sul. A novidade é que, a partir deste ano, além da prevenção obrigatória contra aftosa, será exigida a vacinação para prevenir a brucelose. No Estado, a campanha de imunização começará pela região de fronteira. Depois, será a vez da região de planalto e, por último, a do Pantanal.

Por meio de portaria, a Iagro (Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) antecipou em fevereiro a necessidade de vacinar contra a brucelose. De acordo com a portaria, a imunização deve ser aplicada em fêmeas bovinas e bubalinas com idade entre três e oito meses. Basta uma dose da vacina B19, em procedimento que deve ser realizado por um médico veterinário cadastrado na Iagro.

O texto estabelece também que o produtor rural deverá imunizar as fêmeas até novembro deste ano. Ele terá dois períodos para fazer a comunicação da vacinação. Para as fêmeas imunizadas no primeiro semestre, até 30 de junho e para as vacinadas nos últimos seis meses do ano até 30 de dezembro.

“É primordial que todos os produtores façam a imunização dos seus rebanhos contra as duas doenças”, afirmou a presidente da Iagro, Maria Cristina Carrijo. “Em caso de descumprimento, o produtor, entre outras sanções, ficará impedido de movimentar os animais, mesmo entre suas propriedades, e para todas as finalidades, incluindo o abate”, completou.

A portaria determina também que a Iagro fornecerá aos laticínios instalados no Estado, no início de cada semestre, uma lista com os nomes dos produtores rurais que não vacinaram seus rebanhos contra a brucelose para que seja suspenso o fornecimento de leite até a regularização da situação sanitária.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions