A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/10/2008 12:56

Corte de financiamento privado pode quebrar produtores

Redação

A redução dos financiamentos da iniciativa privada, causada pela crise econômica internacional, está inviabilizando o plantio da safra em Mato Grosso do Sul.

Para discutir o impacto da crise na produção de grãos o vice-presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Eduardo Riedel, está participando durante todo o dia de hoje de reunião da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas, na CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

Na pauta, além da crise financeira, está a diminuição do uso de insumos e da tecnologia nas lavouras, além das dificuldades no acesso ao crédito para o plantio.

A comissão reúne os representantes das federações de agricultura e pecuária dos principais estados produtores de grãos para avaliar a situação em cada uma das regiões.

Também será feito balanço das medidas tomadas pelo Governo para enfrentar o atual cenário de crise, além das demandas emergenciais dos Estados.

O vice-presidente da Famasul explicou que em Mato Grosso do Sul, a maior parte do crédito para a produção é liberada pela iniciativa privada. Segundo ele, em todo o Brasil, de 30 a 40 empresas fazem esse tipo de empréstimo ao produtor rural.

Como estas empresas captam recursos no mercado externo, um primeiro reflexo esperado é que o crédito fique mais caro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions