A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

02/02/2017 18:47

Crédito do FCO Rural deve chegar a R$ 1,1 bilhão para produtor de MS em 2017

Elci Holsback
Crédito prevê até 20 anos para quitar débito (Foto: Elci Holsback)Crédito prevê até 20 anos para quitar débito (Foto: Elci Holsback)

Com orçamento de R$ 1,1 bilhão previsto para Mato Grosso do Sul em 2017, o FCO Rural (Fundo Constitucional para Financiamento do Centro-Oeste) viabilizado pelo Banco do Brasil apresentou nesta quinta-feira (2) na sede da Superintendência regional do banco as perspectivas de investimentos e oportunidades de linhas de crédito para este ano.

"Temos boa estimativa de safra para este ano, perspectiva de inflação controlada e toda uma conjuntura positiva que atrairá novos investimentos.O objetivo é proporcionar subsídios para o produtor que queira investir e ampliar sua produção, com atratividade no prazo e taxa", destacou o superintendente estadual do Banco do Brasil, Glaucio Zanettin.

Além do FCO Rural, o FCO Empresarial também receberá R$ 1,1 bilhão em 2017, somando R$ 2,2 bilhões. No último ano, a soma de investimentos nas duas linhas de crédito somaram R$ 1,300 bilhões no Estado. 

Superintendente do BB acredita em reação na economia (Foto: Elci Holsback)Superintendente do BB acredita em reação na economia (Foto: Elci Holsback)

Com prazo de até 20 anos para quitar o débito e 12 anos de carência para o início do pagamento da dívida, de acordo com a linha de produção, além de taxa média de 8,5% ao ano, o FCO tem as menores taxas de juros do mercado, segundo o superintendente. "A Selic está em 13% e o FCO, além dos menores juros, ainda oferece 15% de bônus de adimplência", completa.

O FCO Rural é um conjunto de financiamentos voltados para o atendimento do setor agropecuário e agroindustrial, permitindo financiar a aquisição de materiais e equipamentos de uso destinados à armazenagem, barragens, obras civis, máquinas, implementos, energia, irrigação, entre outras atividades.

Presidente da Famasul acredita que FCO colabora com o crescimento do setor (Foto: Elci Holsback)Presidente da Famasul acredita que FCO colabora com o crescimento do setor (Foto: Elci Holsback)

Para o presidente do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) Maurício Saito, possibilidade de fazer planejamento de gestao e captar recursos, incentiva o produtor rural a investir em novas tecnologias em ações planejadas.

"Diante de um cenário positivo, com capacidade empreendedora grande que é do produtor de Mato Grosso do Sul, somar essa alta capacidade de produção com a possibilidade de crédito permite que o produtor planeje seus investimentos", pontua Saito, que ressalta a boa perspectiva da safra recordede soja para este ano, já que a previsão é de colheita de 7,8 milhões de toneladas da oleaginosa.

A iniciativa de apresentar a linha de crédito para produtores rurais em empresários, denominada "Dia D do FCO Rural" acontece nos 79 municípios do Estado até o próximo dia 9 de fevereiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions