A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

04/05/2009 16:58

Defesa sanitária ganha nota C em prevenção à influenza

Redação

A defesa sanitária de Mato Grosso Sul recebeu nota C do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) na avaliação do Plano Nacional de Prevenção da Influenza Aviária e de Controle e Prevenção da Doença de Newcastle. Esta é a segunda vez que o Estado recebe esta classificação. A adesão aos planos é voluntária.

A avaliação dos planos estaduais de defesa sanitária é feita com base na capacidade de resposta às emergências que possam surgir, e recebem uma nota que vai de A a D. O Mapa avalia recursos humanos, financeiros, materiais e jurídicos estaduais, bem como as ações executadas no campo.

Segundo, Graciela Bergamaschi Pezerico, fiscal agropecuária federal, responsável técnica pelo Programa de Sanidade Avícola de Mato Grosso do Sul as auditorias realizadas pelo Mapa possibilitam que os Estados identifiquem seus pontos vulneráveis na defesa sanitária avícola, para a elaboração e execução de planos de ação com o intuito de melhor atender a demanda da avicultura.

"Embora não seja obrigatório, é possível que esta classificação possa se tornar uma restrição ao trânsito de aves vivas entre os Estados com classificações diferentes entre si, o que ainda não ocorre", detalha Graciela.

Apesar do mau desempenho no que se refere à contenção de doenças animais, Graciela ressalta que Mato Grosso do Sul está habilitado a exportar carne de frango para 33 países, e há inspeção federal nos frigoríficos.

"Diante disso, a população não precisa ficar preocupada quanto aos aspectos sanitários do plantel avícola comercial do Estado, pois a classificação 'C' não implica em baixo status sanitário", concluiu.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions