A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/05/2014 08:55

Dose de vacina contra a aftosa está mais barata nesta edição em MS

Bruno Chaves
Etapa deve imunizar aproximadamente 20 milhões de animais só em Mato Grosso do Sul (Foto: Alessandro Martins/Arquivo Campo Grande News)Etapa deve imunizar aproximadamente 20 milhões de animais só em Mato Grosso do Sul (Foto: Alessandro Martins/Arquivo Campo Grande News)

A dose da vacina contra a febre aftosa, em Mato Grosso do Sul, está mais barata do que na última campanha, realizada em novembro do ano passado. Aproximadamente 20 milhões de animais serão imunizados no Estado até o fim do prazo estabelecido pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).

O calendário de vacinação é diferenciado nas três regiões de Mato Grosso do Sul. Na fronteira, o processo teve início no dia 1º de abril e terminará no dia 15 de maio.

No Planalto, a vacinação está liberada entre os dias 1º e 31 de maio. Já no Pantanal, o produtor pode optar por vacinar o rebanho em dois períodos: de 1º de maio a 15 de junho ou de 1º de novembro a 15 de dezembro.

A movimentação nas distribuidoras de vacinas é grande. O criador Márcio Aurélio de Oliveira, por exemplo, vai enviar animais para o confinamento e comprou 650 doses por R$ 1,35 cada.

“Nós conseguimos um desconto, um diferencial de custo nas vacinas em torno de 6% em relação à última campanha, em novembro”.

Nesta etapa, o investimento dos produtores do Estado para manter o gado livre da febre aftosa será de, no mínimo, de R$ 26,6 milhões, considerando que cada dose da vacina pode custar entre R$ 1,40 e R$ 1,50. Manter o Estado dentro da sanidade animal é extrema importância para o agronegócio brasileiro.

“O produtor de Mato Grosso do Sul está absolutamente consciente dessa norma e vai ajudar a manter o Estado com 99% de cobertura vacinal”, disse o presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado), Eduardo Riedel, no lançamento da campanha.

Este mês, 23 estados brasileiros participam da etapa de vacinação animal.

Febre aftosa: a importância da vacinação
O grande desafio da pecuária brasileira é produzir proteína de origem animal (carne, leite e seus derivados), com sustentabilidade, em demanda cresce...
Começa este mês agenda de vacinação contra a aftosa e brucelose
Começa este mês a agenda de vacinação dos rebanhos bovino e bubalino de Mato Grosso do Sul. A novidade é que, a partir deste ano, além da prevenção o...
Governo define diárias para ações no combate a febre aftosa
O governo estadual autorizou o pagamento de diárias de forma “excepcional” aos servidores da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Veg...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions