A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

08/09/2015 12:34

Em 2ª etapa, fronteira vacina apenas bovinos e bubalinos de até 24 meses

Caroline Maldonado
Mudança nas regras da segunda etapa veio após solicitação da Famasul à Iagro (Foto: Divulgação/Famasul)Mudança nas regras da segunda etapa veio após solicitação da Famasul à Iagro (Foto: Divulgação/Famasul)

Na segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa, que acontece em outubro e novembro, a região de fronteira tem autorização do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para vacinar apenas os bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade.

Até então, os pecuaristas cumpriam duas etapas ao ano com vacinação em todo o rebanho. Após solicitação da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) expediu parecer favorável à equiparação das regiões de planalto e fronteira e fez o pedido ao Mapa, que autorizou a mudança.

A portaria, que estabelece as regras para MS, foi publicada na página 4 da edição desta nesta terça-feira (8) do DOE (Diário Oficial do Estado). Os períodos oficiais de vacinação dividem o Estado em três regiões sanitárias que são Planalto, Pantanal e Fronteira.

Conforme a Iagro, a região de Fronteira abrange os municípios de Antônio João, Japorã e Mundo Novo e parte dos municípios de Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho e Sete Quedas.

A região do Pantanal compreende os municípios de Corumbá, Ladário e em parte os municípios de Coxim, Miranda, Aquidauana, Porto Murtinho e Rio Verde de Mato Grosso e a região do Planalto, se refere aos demais municípios do Estado.

É permitida a antecipação da vacinação contra febre aftosa, até 15 dias do início das campanhas. O pedido pode ser feito por meio de requerimento enviado à DDSA (Divisão de Defesa Sanitária Animal) da Iagro, junto ao parecer favorável do inspetor local. Conforme a portaria, é proibida a vacinação de suídeos, ovinos e caprinos contra febre aftosa.

Datas – Na segunda etapa, a região do Planalto aplica a vacina de 1º a 30 de novembro e tem de 1º de novembro a 15 de dezembro para o registro. Pecuaristas do Pantanal vacinam de 1º de novembro a 15 de dezembro e registram de 1º de novembro a 30 de dezembro. A região de Fronteira pode vacinar de 1º de outubro a 15 de novembro, registrando a vacinação de 1º de outubro a 30 de novembro.

Em todos os casos, o registro da vacinação deve ser realizado diretamente pelo produtor, pelo site www2.iagro.ms.gov.br. Em casos específicos e a critério da Iagro, o registro pode ser feito nos escritórios locais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions