A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/06/2009 06:16

Em Dourados, perdas na pecuária vão de 30% a 40%

Redação

Novamente em situação de emergência, agora devido à estiagem entre março e abril, Dourados teve perdas de 30% na pecuária de corte e 40% na leiteira. Com a seca, o pasto se fez mais escasso e a produtividade caiu.

A perda no rendimento do milho é computada em 245 mil toneladas, na safrinha. Além disso, foram perdidas 1.890 toneladas de trigo e 750 de sorgo. Além da redução da produção, a classificação dos grãos foi afetada.

O resultado desse conjunto de fatores é que o produtor ficou descapitalizado e impedido de pagar financiamentos. Para o Executivo municipal o impacto foi na redução da arrecadação tributária. Vários município ao Sul do Estado decretaram emergência em função da estiagem. As perdas são calculadas em R$ 461 milhões, de acordo com a Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions