A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

14/03/2012 13:27

Embrapa abre VII Dinapec com expectativa de receber 3 mil pessoas

Paula Vitorino
Dinapec foi aberta nesta manhã. (Foto: Marlon Ganassin)Dinapec foi aberta nesta manhã. (Foto: Marlon Ganassin)

Com a expectativa de 3 mil participantes, a VII edição da Dinapec – Dinâmica Agropecuária foi aberta durante solenidade nesta quarta-feira (14). A Feira é promovida pela Embrapa e nesta edição reúne 14 de suas 47 unidades para apresentar tecnologias voltadas para o Programa ABC – Agricultura de Baixo Carbono.

Separados em stands, os visitantes terão a oportunidade até sexta-feira de conhecer na prática novas tecnologias que atendam as diretrizes do Plano, como a integração de lavoura-pecuária-floresta, sistema plantio direto, florestas plantadas e fixação biológica de nitrogênio.

Cada visitante pode montar seu itinerário de visitas dentro da Feira de acordo com o seu interesse. São mais de 30 opções de dinâmicas para visitação distribuídas nas áreas de sistemas agrícolas, pecuária de corte e leiteira, ovinocultura, produção de milho, crédito rural e clima.

Durante a abertura, que contou com a presença de autoridades e representantes do agronegócio, o chefe de transferência de tecnologia da Embrapa, Pedro Paulo Pires, destacou a importância do evento para a geração de conhecimento e a melhoria da produção no Estado.

“O pequeno e o grande produtor, o estudante, todos os interessados tem a oportunidade de ter acesso a novas tecnologias e ver na prática como produzir atendendo a ABC”, diz.

A Feira é voltada a estudantes, produtores e pesquisadores de todo o país. Oito representantes de comunidades indígenas, grupo da Fetagri (Federação dos Trabalhadores Rurais) e do Ministério da Agricultura da Bolívia também participam da Dinapec.

Governador durante abertura da feira. (Fotos: Marlon Ganassin)Governador durante abertura da feira. (Fotos: Marlon Ganassin)

Permanente - Além do tema, a Dinapec traz nesta edição outra novidade. Segundo Pedro Paulo, a Feira a partir deste ano será permanente na sede da Embrapa.

“Universidades e grupos interessados vão ter a oportunidade de vir em qualquer data do ano conhecer as tecnologias para a ABC”, diz.

Economia - Durante o evento, o produtor também tem a oportunidade de visitar o stand do Banco do Brasil e ter acesso as linhas de crédito. O governador André Puccinelli ressaltou que o produtor precisa de crédito e com juros baixos para produzir.

Ele afirmou que o Governo quer diminuir os juros do ABC de 5,5% para em torno de 4,5%, facilitando as linhas de crédito para os produtores.

Formação - Ainda durante a solenidade, o governador aproveitou para renovar o compromisso com os 30 estudantes que participam de curso na Embrapa.

“Até abril o recurso está liberado. O Governo tem uma ‘burrocracia’, infelizmente, que precisa ser cumprida. Agora os alunos só precisam aproveitar essa oportunidade única e estudar”, frisou.

O investimento é de R$ 290 mil, em parceria com a Prefeitura, UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Embrapa. Foram selecionados 30 ex-alunos das escolas técnicas rurais para participar do curso com duração de 1 ano em regime de internato. Cada estudante deverá receber bolsa de R$ 550.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions