A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/12/2015 16:20

Encontro tem palestras para apicultores e interessados em iniciar produção

Caroline Maldonado
Ações defensivas com abelhas africanizadas mé um dos temas do encontro (Foto: Divulgação/Feams)Ações defensivas com abelhas africanizadas mé um dos temas do encontro (Foto: Divulgação/Feams)

Produtores de mel do Estado se reúnem neste sábado (5), em Água Clara, a 198 quilômetros de Campo Grande, no 9º Encontro Estadual de Apicultores e Meliponicultores de Mato Grosso do Sul. Com palestras sobre prevenção de acidentes e ações defensivas com abelhas africanizadas, o evento é uma oportunidade para quem quer começar a produção.

Haverá quatro palestras, além da exposição de equipamentos e produtos apícolas que estarão à venda, segundo o presidente da Feams (Federação de Apicultura e Meliponicultura de Mato Grosso do Sul), Gustavo Nadeu Bijos.

"É um evento de confraternização entre os criadores de abelhas, empresários do setor apícola, pesquisadores e todos os envolvidos com a apicultura e meliponicultura. É um encontro para que a gente reveja amigos e troque conhecimentos", comentou Gustavo.

Os produtores se reunirão das 8h às 18h, no Centro Cultural de Água Clara, nas Rua Fernando Bastos Júnior, 609. A entrada é gratuita. 

Mel do Pantanal - Outro tema que interessa aos apicultores, a Indicação Geográfica (IG) do Mel do Pantanal, é foco de assembleia geral extraordinária, que ocorre amanhã (4), em Campo Grande. Entre as 13h30 e as 17h30, os produtores se reúnem na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), na Rua Marcino dos Santos, 401, Bairro Cachoeira II.

Este ano, o mel do Pantanal recebeu a primeira certificação de Indicação Geográfica concedida para a produção em todo o país. Segundo o pesquisador da Embrapa Pantanal, Vanderlei dos Reis, o selo é um grande diferencial para a agregação de valor aos produtos apícolas pantaneiros.

"A IG do Mel do Pantanal representa uma forma de acesso ao mercado para o apicultor pantaneiro. Produzir é a parte mais fácil dessa atividade. Comercializar e fidelizar o consumidor é a parte em que as grandes empresas investem, principalmente na área de propaganda e marketing. O motivo é justamente esse: para conquistar os compradores. A IG pode ajudar muito nisso e também contribuir para elevar o nível de profissionalização da apicultura em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul", explicou o pesquisador.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions