A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/06/2014 14:53

Estudo mantém em R$ 22 bilhões valor da produção agropecuária de MS

Bruno Chaves

A projeção do VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) de Mato Grosso do Sul, para 2014, foi a R$ 22 bilhões em maio. No mês anterior, abril, o estudo estimava um VBP de R$ 22,2 bilhões para o ano. Quando comparado ao valor estimado em 2013 (R$ 21,4 bilhões), o índice apresenta crescimento de 2,8%. O levantamento, divulgado na semana passada, é feito mensalmente pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e mede o faturamento das lavouras e da pecuária.

No Estado, o valor bruto da produção das lavouras atingiu R$ 13,9 bilhões em maio, enquanto o da pecuária ficou em R$ 8 bilhões. Da agricultura, o maior valor de produção registrado foi da soja em grãos (R$ 6,2 bilhões), seguida pelo milho em grãos (R$ 3,6 bilhões), cana-de-açúcar (R$ 3,6 bilhões) e algodão herbáceo em caroço (R$ 731 mil). Na pecuária, os valores brutos da produção apareceram da seguinte forma: bovinos (R$ 6,4 bilhões), frango (R$ 1,1 bilhão), suínos (R$ 291 mil) e leite (R$ 209 mil).

No cenário nacional, o VBP pode chegar a R$ 448,9 bilhões em 2014, o que representa um aumento de 2,5% se comparado ao do ano passado. O VPB é uma estimativa realizada pela Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento referente ao faturamento das lavouras e da pecuária.

Conforme o ministério, o VBP das lavouras aumentou 3,9% em relação a 2013. As lavouras de algodão, banana, batata inglesa, cacau, café, laranja, pimenta do reino, soja e trigo são as que mais têm contribuído para o bom resultado de 2014. Outros produtos como o milho, a uva e a maçã também apresentam resultados positivos. Neste ano, os valores da produção de algodão, café, cana- de- açúcar, milho e soja representam 74% do valor das lavouras, sendo que o milho e a soja juntos atingem 46% desse valor.

Na pecuária, os melhores resultados são da carne bovina, com aumento de 17,3%, e da carne suína, com aumento de 8,3%, se comparados aos valores do ano passado. Carne de frango, leite e ovos apresentam saldos menores que em 2013 devido à queda de preços desses produtos.

Os dados regionais mostram um melhor resultado em 2014. Na região Centro-Oeste, o faturamento é de R$ 112,4 bilhões; no Sul, o valor alcançado é de R$ 108,4 bilhões; no Sudeste, R$ 107,7 bilhões; no Nordeste, R$ 42,2 bilhões e no Norte do país, R$ 17,9 bilhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions