A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/01/2009 08:54

Europeus chegam hoje para checar ações sanitárias de MS

Redação

Está previsto para às 18h30 desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, o desembarque a primeira missão técnica da Europa que visitará o Mato Grosso do Sul neste ano.

Eles passam a manhã de quinta-feira em Campo Grande, na sede da SFA (Superintendência Federal da Agricultura), onde a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) fará explanações sobre as ações sanitárias desenvolvidas nos rebanhos bovinos na ZAV (Zona de Alta Vigilância). A programação será iniciada às 8 horas.

Após as explanações, eles visitarão o laboratório da Iagro e de tarde seguem para Bela Vista, onde pernoitam. No sábado de manhã os técnicos vão verificar in loco, em uma propriedade de Caracol, as ações sanitárias desenvolvidas na região de fronteira com o Paraguai. No próprio sábado os técnicos seguem para o Recife, para uma visita ao laboratório do Ministério da Agricultura e Pecuária, o Lanagro.

O responsável pelo Sisbov (Serviço de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos) no Estado, Orasil Brandini, explica que esta é uma missão de saúde animal. Na próxima semana chega uma nova visita, desta vez de saúde pública, que vai visitar as propriedades habilitadas para exportarem para a Europa, que integram a chamada lista trace.

Eles chegam a Mato Grosso do Sul na terça-feira, por São Paulo, e visitam primeiro a fazenda União, em Três Lagoas. Os técnicos devem passar também por Naviraí, para uma visita ao frigorífico Bertin. Na quinta-feira à noite eles chegam a Campo Grande e na sexta-feira visitam a fazenda Primavera, localizada a 150 quilômetros do centro da Capital, próximo de Nova Alvorada do Sul. Logo depois eles já embarcam para Brasília (DF).

Essas são as duas propriedades que estão habilitadas a exportarem. O pedido de outras oito é analisado, mas, segundo Brandini, a programação oficial não contempla visitas a estas propriedades.

Os técnicos não costumam comentar nada durante as visitas, nem conceder entrevistas. Em 30 dias chega um rascunho, apontando as não conformidades encontradas. O Brasil tem prazo para responder e o relatório oficial sai em até 90 dias após a visita.

Sisbov

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions