A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

10/01/2013 18:55

Exportações do agronegócio registram maior valor da história

Nícholas Vasconcelos
Soja teve maior crescimento de vendas entre os produtos do agronegócio. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Soja teve maior crescimento de vendas entre os produtos do agronegócio. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

As exportações brasileiras do agronegócio de 2012 somaram o valor recorde de US$ 95,81 bilhões, um crescimento de US$ 846 milhões em relação a 2011, quando as exportações atingiram US$ 94,97 bilhões.

Já as importações chegaram a US$ 16,41 bilhões, número 6,2% inferior a 2011. O saldo da balança comercial foi recorde, de US$ 79,41 bilhões.

As informações foram divulgadas hoje pela são da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), a partir dos dados do Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

“Os números comprovam a força do agronegócio brasileiro. O país está cada vez mais competitivo internacionalmente e continuaremos trabalhando, ao lado dos produtores, na busca de novos mercados”, destacou o Ministro Mendes Ribeiro Filho. Segundo ele, a economia nacional depende dos bons resultados do agronegócio para manter o Brasil entre as principais potências econômicas mundiais.

Os preços caíram, em média, 7,1%, enquanto o peso total exportado em produtos do agronegócio teve aumento de 8,6%.

A soja teve o maior crescimento de vendas com 8,2% de aumento, e US$ 26,11 bilhões. Em segundo lugar aparece o fumo e seus produtos com US$ 3,26 bilhões. Depois aparecem os cereais, farinhas e preparações com US$ 6,67 bilhões.

Segundo o Mapa, as vendas do milho dobraram, passando de US$ 2,63 bilhões em 2011 para US$ 5,29 bilhões, aumento de 101,5%. A quantidade embarcada subiu 109,1%, de 9,46 milhões de toneladas em 2011 para 19,78 milhões de toneladas em 2012. Outro produto que se manteve em alta em 2012 foi a soja em grão. As exportações subiram de US$ 16,31 bilhões para US$ 17,45 bilhões.

A carne bovina registrou alta de 7,39%, com aumento das vendas de US$ 5,35 bilhões em 2011 para US$ 5,74 bilhões em 2012, valor recorde. Houve elevação da quantidade exportada de 1,09 milhão de toneladas para 1,24 milhão de toneladas, enquanto o preço médio de exportação caiu 5,3%.

As exportações de animais vivos cresceram 30,7%, o que representa 10% das compras de carne. O fumo também teve aumento de US$ 2,94 bilhões para US$ 3,26 bilhões .

Já as vendas externas de álcool subiram 46,6% (US$ 694 milhões), com acréscimo da quantidade embarcada de 1,57 milhões de toneladas para 2,48 milhões de toneladas (57,5%).

Mercados - A China continua sendo de forma crescente o principal destino dos produtos do agronegócio brasileiro, com US$ 17,975 bilhões em compras em 2012. Em seguida, aparecem Estados Unidos , com US$ 7 bilhões, Países Baixos que representaram US$ 6,12 bilhões, Japão ,US$ 3,5 bilhões; e Alemanha que foi responsável por US$ 3,1 bilhões.

Foi registrado o aumento das exportações para nações da Ásia, a Coreia do Sul com 40,9%, Taiwan que teve 35,9%, Tailândia 13,5% e 8,9% para a China.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions