A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/12/2012 22:18

Famasul acredita que ampliar aldeias não resolve problemas indígenas

Nyelder Rodrigues

Para a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), potencializar ou expor os problemas indígenas, que já são conhecidos, não resolve a situação.

A opinião foi emitida em nota à imprensa, e ainda lembra que as comunidades vivem de modo precário, sem condições de fragilidade social, com caos na saúde, sem alimentação e sem acesso à informação.

Conforme o presidente da Famasul, Eduardo Riedel, a solução apresentada, que é a ampliação de terras, é insuficiente. Para ele, o governo federal precisa decidir o que vai fazer, pois o que é proposto até o momento é a ampliação de terras indígenas numa área legalizada, com títulos de propriedades que são legítimos há mais de quatro gerações.

Uma opção viável proposta pela Famasul seria garantir verba no Orçamento Geral da União, com recursos destinados à compra de terras para uma indenização justa.

Já o senador Waldemir Moka (PMDB) ponderou, durante reunião na Asssembleia Legislativa na última sexta-feira (3), que já está aprovado cerca de R$ 100 milhões para o pagamento ao homem do campo, mas ainda seria necessário o consenso com a Casa Civil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions