A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/11/2015 11:39

Ferramentas que aumentam o ganho no campo são apostas da Showtec

Mariana Rodrigues e Liana Feitosa
Maurício Saito disse que há expectativa que no próximo ano haja aumento de área de plantio que pode chegar a 2,35 milhões de hectares só de soja. (Foto: Fernando Antunes)Maurício Saito disse que há expectativa que no próximo ano haja aumento de área de plantio que pode chegar a 2,35 milhões de hectares só de soja. (Foto: Fernando Antunes)

O uso de novas tecnologias para a agricultura e pecuária é, mais uma vez, o foco das novidades da próxima edição da Showtec. O evento será realizado de 20 a 22 de janeiro de 2016 na sede da Fundação MS, em Maracaju, distante 160 km de Campo Grande. Entre as novidades está a implantação de um curso de pós graduação em ILPF (Integração Lavoura Pecuária e Floresta).

Com o tema "Tecnologia é o nosso negócio", a feira é uma oportunidade para que produtores rurais e profissionais da área tenham acesso às tecnologias relacionadas à agricultura e à pecuária.

Para Luis Alberto Moraes Novaes, presidente da Fundação MS, no próximo ano o evento estabelece parcerias fundamentais para que a tecnologia chegue no campo e seja devidamente aplicada com apoio de diversas entidades. "No ano passado, 15 mil pessoas participaram da Showtec, que contou com a presença de 130 empresas. No evento, foram apresentadas 150 tecnologias de uso no campo", disse ele, que completou ainda que essa é uma ferramenta para mostrar novas tecnologias para o aumento da produtividade.

De acordo com Luis, entre as novidades para a edição de 2016 está a parceria com a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), que comandará a implantação do primeiro curso de pós graduação em ILPF (Integração Lavoura Pecuária e Floresta). "Essa é uma ferramenta que permite aumento de ganho e produtividade no campo, é uma das maiores novidades para 2016", destacou.

O governador Reinaldo Azambuja destacou durante o evento que está previsto investimento de R$ 1,2 milhão para ajudar na difusão de novas tecnologias e expansão de novas áreas de pesquisa em MS. (Foto: Fernando Antunes)O governador Reinaldo Azambuja destacou durante o evento que está previsto investimento de R$ 1,2 milhão para ajudar na difusão de novas tecnologias e expansão de novas áreas de pesquisa em MS. (Foto: Fernando Antunes)

Segundo Maurício Saito, presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), o Estado tem de 8 a 9 milhões de hectares de pastagens degradadas. Para ele, a Showtec se volta para essa questão e lança oportunidades de contato com estudos e pesquisas que tentam reverter a situação.

Para Saito, há expectativa de que, no próximo ano, haja aumento de área de plantio de soja que pode chegar a 2,35 milhões de hectares. Isso significa que o Estado tem avançado e as tecnologias têm papel fundamental nisso.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), atribui os avanços do Estado às pesquisas e difusão de novas tecnologias. "Temos queda em praticamente todos os setores da economia, mas vemos que o agronegócio tem se mantido firme. Se tirarmos ele da balança comercial teremos uma situação muito mais difícil".

"Temos que sair desse ambiente de baixa perspectiva de crescimento e entender que investir em tecnologia é o caminho para desenvolver o estado e fazer com que MS e o Brasil continuem crescendo". Segundo o governador, para o ano que vem, está previsto investimento de R$ 1,2 milhão para ajudar na difusão de novas tecnologias e expansão de novas áreas de pesquisa.

Showtec - É uma feira anual destinada aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas e acadêmicos, onde são apresentados produtos e serviços ligados aos setor agropecuário, lançamentos, inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

O evento é realizado pela Fundação MS e tem como principais apoiadores o Sistema Famasul, Sistema OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja) e conta com a participação de outras entidades e instituições de pesquisa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions