A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/03/2009 18:06

Frigorífico Marfrig pode voltar a abater em Murtinho

Redação

O frigorífico Marfrig de Porto Murtinho, que empregava cerca de 500 funcionários e parou de abater há cinco meses, pode reabrir suas portas para abater bois. A expectativa gera esperanças nos funcionários que foram demitidos e nos que receberam férias coletivas.  

Quando amargou a crise econômica, o frigorífico paralisou as atividades e demitiu a maioria dos seus funcionários. O fechamento das portas do Marfrig acarretou em um cenário caótico no comércio local.

Consta que a empresa trabalhava desde sua inauguração, em 12 de junho de 2006, com licença ambiental provisória, e isso acabava gerando preocupação aos diretores do local, mesmo porque a o frigorífico recebia visita periodicamente de fiscais ambientais que aplicavam multas.

Por causa dessas constantes multas, o diretor da empresa, Marcos Molina, decidiu que se o frigorífico não conseguisse a licença definitiva fecharia a unidade.

No entanto, devido à crise instalada na cidade, com o fechamento do Marfrig, políticos locais decidiram se reunir com o governador André Puccinelli (PMDB) para encontrar uma solução para o percalço.

Referência

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions