A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

18/01/2017 13:03

Fundação identifica o segundo caso de ferrugem asiática em lavouras

Priscilla Peres

A Fundação Chapadão confirmou mais um caso de ferrugem asiática em lavouras de soja de Mato Grosso do Sul. O primeiro foi detectado em São Gabriel do Oeste e o segundo, confirmado hoje, em Chapadão do Sul – distante 321 km de Campo Grande.

Ambos os municípios são grandes produtores de soja do Estado. No dia 6 de janeiro a Fundação confirmou o primeiro caso e informou que outros 16 estavam sob análise. Na área encontra, os produtores já fizeram aplicações com fungicidas específicos para o controle da doença.

O diretor e pesquisador da Fundação Chapadão Edson Borges, já havia alertado para a proliferação da doença no Estado, já que as condições de clima (umidade e temperatura) são propícias para o desenvolvimento da doença.

Ele orienta aos produtores para que continuem procedendo o monitoramento e as aplicações nas áreas conforme programação, intensificando o monitoramento para tomada de decisão quanto a necessidade de aplicação e qual produto a ser utilizado.

Outra prática que deve ser adotada pelo produtor é o manejo antiresistência que compreende as ações que foram definidas pelo Consórcio Antiferrugem, que são: Usar sempre misturas comerciais formadas por dois ou mais fungicidas com modo de ação distintos; Não utilizar mais que duas aplicações do mesmo produto em sequência por cultivo; Usar doses efetivas e cuidar o período de intervalo entre uma aplicação e outra.

Além de fazer uso de produtos protetores em associação; Fazer aplicações preventivas nunca de forma curativa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions