A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/07/2010 08:13

Gado morto pelo frio pode passar de 4 mil, diz sindicato

Redação

O total de bovinos que morreram devido ao frio, na região sul do Estado, podem passar de quatro mil cabeças, de acordo com a contagem da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e dos sindicatos rurais da região. Oficialmente na contagem até a manhã de hoje são 829 cabeças perdidas, mas a Iagro continua recebendo comunicaçõs de mortes, prejuízo de quase R$ 1 milhão.

As equipes da agência e das fazendas começam a ir a campo na manhã desta segunda-feira para apurar o prejuízo.

Em Antônio João (rebanho de 88.203 cabeças de gado), desde a madrugada de sexta, a estação do Iagro visitou propriedades e contabilizou 297 bovinos mortos por causa do frio. Já o Sindicato Rural local divulgou que foram 520 cabeças.

A falta de capão de mato dentro dos piquetes onde o gado é manejado, piora a situação, avalia o Iagro. Em algumas propriedades, os bois foram encontrados na área de eucaliptos, árvore que não protege os animais por não ter copa densa. Ou seja, procuraram abrigo em locais impróprios.

Em Caarapó (130 mil cabeças de gado), o Iagro local contabilizou 326 bovinos mortos, quase todos na madrugada de sexta-feira, quando ocorreu a queda na temperatura.

A maioria das propriedades onde foram localizados não tinha proteção ou o capão de mato. A última vez que houve mortes de gado por conta do frio na região foi em 2007, e com um número bem menor. O veterinário do Iagro, Nilson José Fiorenza, que trabalha há 32 anos no município, disse que nunca viu algo parecido.

O presidente do sindicato rural de Caarapó, Jesus Camacho, também está participando do levantamento e calcula, que pelo tamanho do rebanho na região (em média 150 mil cabeças em cada cidade), o número final pode passar de 4 mil cabeças de gado mortas em decorrência do frio. "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions