A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

07/08/2008 08:47

Geada e estiagem tiram R$ 56 mi da safrinha de milho

Redação

As geadas que atingiram várias lavouras ao Sul de Mato Grosso do Sul e a estiagem prolongada por 40 dias causaram perda de 8,6% na produtividade das lavouras de milho do Estado, o que significa cerca de 200 mil toneladas a menos que o potencial de produção. Em cifras, as perdas passam dos R$ 56 milhões, considerando a cotação da saca de 60 quilos a R$ 17,00 (sem impostos).

O 11º levantamento da safra de grãos foi divulgado nesta quinta-feira pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Os técnicos avaliaram em campo, no mês de julho, que a produtividade média das lavouras de milho de Mato Grosso do Sul é de 3,2 mil quilos por hectare, quando no levantamento anterior às geadas e estiagem, divulgado em junho, era de 3,5 mil quilos. Com uma área plantada de 875 mil hectares, significa dizer que a produção que poderia chegar a 3 milhões de toneladas não deve passar dos 2,8 milhões.

O engenheiro agrônomo e gerente de Desenvolvimento da Conab, Fernando Zeferino, afirma que as geadas atingiram em junho grandes municípios produtores como Dourados e Maracaju.

Além disso, em menor intensidade que as geadas, os vários dias sem chuva também afetaram a produtividade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions