A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/10/2009 09:38

Governo de MS pede R$ 15 mi para sanidade

Redação

Diante da previsão de um ano conturbando quanto à liberação de recursos, devido ao período eleitoral, Mato Grosso do Sul já formatou o projeto de pedido de recursos federais para sanidade para 2010. Segundo a secretária de Produção e Turismo, Tereza Cristina Correa da Costa Dias, o pleito é de R$ 15 milhões, para ações de sanidade animal e vegetal e também para melhorar a estrutura da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), inclusive com compra de novos veículos.

Em entrevista, na manhã desta sexta-feira, a secretária afirmou que está se articulando com a bancada federal para que o Congresso crie um mecanismo garantindo que os recursos para sanidade não possam ser contingenciados. Recentemente o atraso na liberação de recursos para vacinação contra febre aftosa na ZAV (Zona de Alta Vigilância) gerou reclamações de pecuaristas.

Segundo a secretária, os R$ 4,8 milhões já estão na conta, mas é preciso garantir que os recursos para a sanidade não caiam em uma vala comum e que fiquem de fora de contingenciamento, assim como ocorre nos casos da saúde, educação e segurança pública. "O Ministério da Agricultura não pode ficar mendigando recursos", disse.

Em conversa com a senadora Marisa Serrano (PSDB), hoje cedo, a secretária afirma que novamente pediu apoio para que o Congresso blinde os recursos da sanidade contra contingenciamento. "Cada mês que se perde sem os recursos é uma ação perdida. Não podemos andar no fio da navalha", afirma.

Ela lembrou que Estados como o Mato Grosso do Sul, que têm fronteiras, não têm como desenvolver ações sem o suporte financeiro do governo federal.

Vacinação

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions