A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/08/2012 15:11

Governo federal fará parceria para ampliar capacidade de armazenamento de grãos

Marli Moreira, da Agência Brasil

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, assegurou hoje (6) que o governo federal vai se empenhar na formalização de parcerias com o setor privado para garantir o aumento da capacidade de armazenagem da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Além disso, prometeu investimentos em logística para o escoamento da próxima safra.

“Vamos fazer parcerias com a iniciativa privada e construir armazéns, mas temos [também] que plantar mais milho no Sul”, disse, em referência às dificuldades de transporte do grão produzido no Centro-Oeste até essa região. Em São Paulo, o ministro participou da cerimônia de abertura do 11º Congresso Brasileiro do Agronegócio: Brasil Alimentos e Energias - Seguranças Globais, hoje (6), no Sheraton São Paulo WTC Hotel, promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag).

Mendes Ribeiro tratou da questão ao responder pergunta dos jornalistas sobre a falta de armazenagem para a colheita do milho em Mato Grosso, onde deverão ser colhidos 14 milhões de toneladas do cereal. Ele também reiterou que não faltarão recursos para a agricultura, lembrando que o Plano Agrícola e Pecuário – lançado no dia 28 de junho passado - prevê investimentos de R$ 115,2 bilhões.

Sobre a manutenção do embargo russo à carne suína, o ministro disse esperar uma posição favorável da missão técnica daquele país que esteve no Brasil, recentemente, para realizar inspeção sanitária. “Nesta semana deveremos ter uma posição mais concreta e vou fazer de tudo para eles digam: nada contra [a retomada das importações]”.

No encontro, o ministro fez projeções otimistas sobre a capacidade de o Brasil ter, no futuro próximo, papel relevante na demanda mundial de alimentos. Segundo ele, em 2050, o consumo de cereais deverá crescer de 2 bilhões para 3 bilhões de toneladas e de carne mais do que dobrará, passando de 200 milhões para 470 milhões de toneladas. Para isso, Mendes Ribeiro salientou a importância dos investimentos no sistema de armazenagens de grãos pela Conab.

Para o secretário nacional de Política Agrícola, Caio Rocha, o país está preparado para ser um grande fornecedor de alimentos porque tem ampliado a área plantada a cada safra em torno de 1,4%, com um ritmo de aumento da produtividade bem maior: 3%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions