A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/11/2015 23:00

Grupo discute detalhes para reestruturar programa Novilho Precoce

Caroline Maldonado
Grupo de trabalho para reestruturação do programa se reuniu hoje (Foto: Divulgação/Sepaf)Grupo de trabalho para reestruturação do programa se reuniu hoje (Foto: Divulgação/Sepaf)

Duas semanas após anunciada a reestruturação do programa Novilho Precoce, pelo Governo do Estado, o grupo designado para a tarefa se reuniu hoje (23) e estuda criar um sistema baseado na pontuação por item cumprido, que será apresentado pelo médico veterinário, Marivaldo Miranda, no próximo encontro, na quinta-feira (26), na Sepaf (Secretária de Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul).

Com o programa, o governo dá incentivos, via ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), aos criadores de animais que estão aptos a ir ao abate mais jovens, mas o sistema estava defasado, na avaliação da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), pois havia frigoríficos comprando animais que não podem ser considerados novilhos precoces, mas se beneficiando do incentivo.

O programa continua enquanto é estudado um novo sistema, que deve ter uma sequência clara, objetiva e bem mais abrangente do que o atual, utilizando um modelo de pontuação que não ficariam sob o controle apenas de um elo da cadeia, segundo a Sepaf.

Participaram da reunião de hoje representantes da Embrapa Gado de Corte, Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul), ASPNP (Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Novilho Precoce), Sicade (Sindicato das Indústrias de Frios, Carnes e Derivados do Estado de Mato Grosso do Sul) e do Governo do Estado.

Para a ASPNP é preciso, sobretudo, elaborar um sistema com simplicidade operacional e de fácil compreensão. A ideia é que o novo programa venha para incentivar os produtores, que ainda não fazem parte, segundo o diretor da entidade Nedson Rodrigues.

O secretário de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas, disse estar bastante satisfeito com o ritmo da reunião, com a disposição das entidades e com a convergência de ideias, percebida logo no início e mantida durante todo o processo das discussões. Para ele o grupo deve cumprir os prazos e chegar a um novo modelo mais abrangente e seguro para o programa.

Produção de novilho precoce: o desafio de uma corrida por qualidade
Quem conhece o termo novilho precoce, logo o liga à palavra qualidade. Na indústria brasileira de carne bovina, cuja realidade é o abate acima dos 36...
Novilho Precoce vai manter parcerias e trabalhar com associados, diz presidente
O novo presidente da Associação Novilho Precoce, Carlos Vanderlei Furlan, eleito na segunda-feira (21), vai ocupar o cargo por dois anos. O pecuarist...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions