A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/01/2012 09:35

Portaria da Iagro restrige trânsito de animais na fronteira e suspende feiras

Marta Ferreira
Gado na faixa de fronteira não pode transitar. (foto: Arquivo)Gado na faixa de fronteira não pode transitar. (foto: Arquivo)

A Iagro (Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) baixou hoje portaria que restringe o tráfego de bovinos de fronteira, como parte das ações para evitar a entrada no Brasil do vírus da febre aftosa, após o surgimento do segundo foco da doença no Paraguai em apenas três meses. A portaria suspende a realizaão de exposições agropecuárias na região, medida que já havia sido anunciada.

Os eventos com aglomeração de bovinos e bubalinos estão suspensos, conforme a portaria, em 11 municípios da faixa de fronteira: Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Japorã, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho e Sete Quedas.

Conforme a medida, também fica suspensa a emissão de e-GTA (Guia de Trânsito Animal Eletrônica) paras produtores rurais cujos estabelecimentos deorigem e/ou destino estiverem localizados nos municípios de fronteira com o Paraguai.

Nesse caso, a GTA deverá ser emitidda, obrigatoriamente, nas unidades da Iagro. Em todo documento deverá constar a rota de trânsito dos animais incluindo, quando determinado pela autoridade sanitária, a passagem por postos fixos de fiscalização da Iagro.

Outra determinação da portaria é que o ingresso de animais destinados a estabelecimentos localizados nos municípios de fronteira com o Paraguai, tendo como origem estabelecimentos localizados em outros municípios do Estado ou em outras Unidades Federativas fica obrigatoriamente, independente da finalidade, condicionado à passagem por posto fixo de fiscalização da Iagro. A carga deve ser lacrada.

Na saída de bovinos e bubalinos, com origem em estabelecimentos localizados nos municípios de fronteira com o Paraguai, também deve haver a passagem pelos postos de fiscalização da iagro e a carga igualmente deve ser lacrada.

A portaria informa que, “excetuando-se as propriedades consideradas de maior risco para febre aftosa”, a passagem por um posto fixo poderá ser dispensada quando se tratar de trânsito intramunicipal ou na rota de trânsito dos veículos não existirem postos de fiscalização, ou ainda quando a passagem por um destes postostornará inviável o trânsito dos animais.

Governo desloca fiscais de cinco Estados para apoiar ações antiaftosa em MS
O MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - deslocou para Mato Grosso do Sul fiscais de cinco Estados para reforçar as ações que v...
CMO divulga nota sobre prisão de mototaxista pelo Exército em Bela Vista
O CMO (Comando Militar do Oeste) também divulgou nota sobre a prisão de mototaxista em barreira da Iagro, em Bela Vista. Na primeira versão, da OAB-M...
Mototaxista foi preso em barreira da aftosa por ameaça, esclarece Exército
Nota emitida pela Seção de Comunicação Social do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizada, em Bela Vista, esclareceu as circunstâncias em que o mototaxi...


onde estao os fiscais? eu andei pela fronteira toda semana passada, e nao vi nada de fisclaização. sera que é porque estava chovendo? ahhhh só pode. Tem que fazer um muro em todo paraguai e bolivia, com o Brasil, igual te entre o Mexico e EUA, senao nunca vai ter fim po contrabando e essa baderna de boi com aftosa.
 
LUCIANO MARQUES em 16/01/2012 12:42:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions