A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

11/12/2018 15:29

IBGE confirma otimismo e produção de soja deve crescer 3,6% em MS

Levantamento divulgado nesta terça-feira mostra que produção estadual de soja deve ser de 10,2 milhões de toneladas

Helio de Freitas, de Dourados
Lavoura de soja em desenvolvimento na região de Dourados (Foto: Helio de Freitas)Lavoura de soja em desenvolvimento na região de Dourados (Foto: Helio de Freitas)

O segundo prognóstico para a safra 2019, divulgado nesta terça-feira (11) pelo IBGE, mantém a previsão de produção recorde de soja em Mato Grosso do Sul, com 10,2 milhões de toneladas. Se a estimativa se concretizar, será a primeira vez com produção acima dos dez milhões de toneladas.

Conforme o IBGE crescimento esperado é de 3,6%, ancorado pelo aumento de 4,7% na área plantada, que deve passar de 2,62 milhões para 2,71 milhões de hectares na safra semeada em setembro e que começa a ser colhida no final de janeiro.

Na Região Centro-Oeste, Mato Grosso, que em 2019 deve responder por 27,0% do total a ser produzido pelo país, estima colher 31,8 milhões de toneladas, crescimento de 0,6% em relação a 2018. Goiás, com 10,9 milhões de toneladas, espera queda de 4,7% na produção.

Em todo o país, a segunda estimativa de produção para 2019 soma 117,7 milhões de toneladas, aumento de 1,0% em relação ao primeiro prognóstico, em outubro, e declínio de 0,2% em relação a 2018. A área a ser plantada com a leguminosa é de 35,4 milhões de hectares, aumento de 0,4%.

Segundo o IBGE, os preços da soja encontram-se firmes no mercado internacional, em face da crescente demanda chinesa. Além disso, a recente desvalorização do real frente ao dólar, aumentou a competitividade da soja brasileira em relação aos demais países produtores.

Segundo o Cepea/ESALQ, no final de novembro a saca de 60 kg do produto colocada no Porto de Paranaguá estava cotada em R$ 82,78, valor considerado bastante satisfatório para o produtor.
Já a produção total de cereais, leguminosas e oleaginosas tem previsão de cair 7% em MS, de 19,2 milhões de toneladas para 17,8 milhões, mesmo com aumento de 3% na área plantada.

Várias culturas devem apresentar queda na atual safra em Mato Grosso do Sul. A produção de feijão deve passar de 31,5 toneladas na safra passada para 22,9 mil quilos – queda de 27%.

A produção total de milho em 2018 será 21,6% menor que no ano passado, caindo de 9,8 milhões de toneladas para 7,6 milhões de toneladas. A falta de chuva causou perdas em lavouras de várias regiões do estado.

Outras produções que terão forte queda são de sorgo (37,8% menos) e de arroz, 12,7% menor neste ano. Foram 66,8 mil toneladas colhidas contra 76,6 mil toneladas na safra passada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions