A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/07/2012 10:01

IBGE faz nova previsão para a safra de grãos: 160,7 milhões de toneladas

Vitor Abdala, da Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) elevou, em junho deste ano, a previsão da safra de grãos do país para 160,7 milhões de toneladas. A nova estimativa do IBGE é 0,3% maior do que a divulgada no mês anterior, cuja previsão era 160,3 milhões de toneladas.

Caso a previsão se confirme, o país terá, no final deste ano, uma safra de cereais, leguminosas e oleaginosas 0,4% maior do que a registrada no ano passado, que totalizou 160,1 milhões de toneladas. Segundo o IBGE, a área prevista para ser colhida em 2012, 49,4 milhões de hectares, é 1,6% maior do que a registrada em 2011.

Entre as três principais culturas do país (que representam 91% da produção de grãos), o único crescimento na produção neste ano deverá vir do milho (22,7%), que também deverá ter aumento de 10,5% na área plantada.

O arroz terá a maior queda na produção em relação a 2011 (14,8%) e também uma redução da área plantada (13,2%). Já a soja terá uma queda de 12,3% na produção, apesar de um aumento de 3,5% na área plantada.

Entre os 26 produtos selecionados pela pesquisa do IBGE, metade deverá apresentar aumento na produção em relação a 2011, como algodão herbáceo em caroço (4%), amendoim em casca primeira safra (25,3%), aveia em grão (12,3%), café em grão arábica (16,5%), café em grão canephora (9,7%), cevada em grão (14,3%) e feijão em grão segunda safra (8,0%).

Já entre os produtos que deverão ter queda na produção neste ano destacam-se amendoim em casca segunda safra (-29,8%), arroz em casca (-14,8%), batata-inglesa primeira safra (-7,8%), batata-inglesa segunda safra (-20,1%), cana-de-açúcar (-7,4%), feijão em grão primeira safra (-36,3%), mamona em baga (-60,8%) e trigo em grão (-8%).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions