A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/01/2015 11:28

Japão compra menos em 2014 e exportação de milho cai 23,5% em MS

Caroline Maldonado
MS exportou apenas 1,42 milhão de toneladas de milho no último ano (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)MS exportou apenas 1,42 milhão de toneladas de milho no último ano (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)

Importante comprador de milho de Mato Grosso do Sul, o Japão não teve muitos avanços na economia em 2014 e as exportações do grão para o país caíram 23,5%, de acordo com levantamento realizado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). A soja, por sua vez, teve alta de 6,6% no volume negociado e a carne bovina exportada subiu 6,7%, em relação a 2013. Para a oleaginosa, era esperado crescimento superior, mas houve super safra nos Estados Unidos, o que impactou as negociações brasileiras; enquanto a pecuária sofreu com a crise na Rússia, que já foi o maior comprador do Estado.

O único resultado negativo em 2014 foi o do milho, de acordo com o informativo do departamento econômico da Famasul. Ao todo, foram exportadas apenas 1,42 milhão de toneladas do grão no último ano. "Um dos fatores que pode explicar essa queda nas negociações deste segmento é a redução das importações de milho pelo Japão, país que registrou no ano uma estagnação econômica", explica a economista Adriana Mascarenhas.

A soja contou com a China para elevar a exportação, que passou de 2,28 milhões de toneladas em 2013 para 2,43 milhões de toneladas neste último ano. O país foi o responsável por 77,6% das vendas. "Já esperávamos que em 2014 não teríamos uma alta tão expressiva nas exportações deste segmento, o que pode ser explicado pelas expectativas da super safra norte-americana", comenta Adriana.

No mercado pecuário, as exportações de carne bovina in natura não foram tão bem quando poderiam por conta da crise na Rússia, que deixou de ser o primeiro no ranking dos compradores do produto de Mato Grosso do Sul e agora ocupa a quinta posição.

Exportações de carne bovina in natura não foram tão bem quando poderiam por conta da crise na Rússia (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)Exportações de carne bovina in natura não foram tão bem quando poderiam por conta da crise na Rússia (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)

Ao todo, a exportação de carne subiu de 139,31 mil para 148,57 mil toneladas. "O impacto da crise enfrentada pela Rússia, o nosso maior comprador, não permitiu a ampliação que esperávamos para as vendas de 2014 e também resultou na redução das negociações”, avalia a economista.

Os mercados de aves e de suínos também fecharam o ano com elevação em relação a 2013. Em 2014 foram exportadas 14,6 mil toneladas de carne suína, com alta de 15%. Enquanto isso, os embarques internacionais de carne de frango aumentaram 16%, totalizando 161,2 mil toneladas, conforme o levantamento. Para saber mais sobre as exportações de MS em 2014 acesse o informativo Casa Rural Retrospectiva 2014.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions