A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/12/2015 19:08

Mais de 86% da área prevista para plantio de soja está cadastrada em MS

Caroline Maldonado
Prazo para cadastro de áreas a serem cultivadas termina no dia 10 de janeiro de 2016 (Foto: Divulgação/Famasul)Prazo para cadastro de áreas a serem cultivadas termina no dia 10 de janeiro de 2016 (Foto: Divulgação/Famasul)

Levantamento da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) mostra que 10.660 produtores de 75 municípios de Mato Grosso do Sul já registraram no sistema 2.001.540 hectares destinados ao plantio da soja para a safra 2015/16. O número corresponde a 86,10% do previsto pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com a prorrogação do prazo, termina no dia 10 de janeiro de 2016 o período para que os produtores registrem as áreas onde irão cultivar soja. Para o presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, os números devem chegar próximo do previsto pelo IBGE, que estima que no Estado sejam destinados cerca de 2.234.000 de hectares para o plantio da leguminosa.

Os números demonstram o nível de conscientização dos produtores com relação à importância do registro, na avaliação do presidente da agência. “A integração entre Estado e as entidades que representam a classe produtora tem sido fundamental para que as ações da vigilância sejam cada vez mais eficazes”.

Obrigatório e previsto em Lei Estadual, o cadastro é usado como base para o trabalho de verificação do cumprimento do vazio sanitário e alimentar o programa de controle da ferrugem asiática, principal doença que atinge a soja no país. Para cadastrar sua área o produtor deve entrar no Cadastro Produtor de Soja, no site da Iagro, e seguir as instruções. Não informar os dados dentro do prazo gera multa, que pode chegar a R$ 4.448,00.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions