A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/05/2014 11:30

Milho safrinha de MS está em fase adiantada de desenvolvimento, diz Conab

Bruno Chaves
Estudo da Conab é direcionado as 12 principais mesorregiões produtoras de milho 2ª safra e trigo no Brasil (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Estudo da Conab é direcionado as 12 principais mesorregiões produtoras de milho 2ª safra e trigo no Brasil (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Boletim de Monitoramento Agrícola, divulgado ontem pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), revela que o milho safrinha se encontra em fases adiantadas e com bom padrão de desenvolvimento em Mato Grosso do Sul.

O estudo é direcionado para as 12 principais mesorregiões produtoras de milho 2ª safra e trigo no Brasil, entre elas Mato Grosso do Sul. Essa área estudada cobre em torno de 73% das lavouras das duas culturas. Conforme a Conab, “o enfoque consiste no monitoramento dos cultivos de 2ª safra em especial do milho safrinha e também das culturas de inverno”.

Na primeira quinzena de maio deste ano, no Sudoeste de Mato Grosso do Sul foram plantados 1.018.690 hectares de milho 2ª safra, o que significa 12% da área nacional.

O estudo indica que o padrão de desenvolvimento das lavouras está acima da média histórica. Esta superioridade corresponde aos cultivos de 2ª safra que tem calendário de plantio diferenciado em relação ao das safras da média histórica.

Nessa região, os principais municípios produtores em área de milho 2ª safra são Maracaju (20%), Dourados (13,7%), Ponta Porã (10,3%), Rio Brilhante (9,2%), Itaporã (7,2%), Caarapó (6,9%), Aral Moreia (5,1%), Naviraí (5,1%), Laguna Carapã (4,6%) e Amambai (2,2%).

Já na região Centro Norte de Mato Grosso do Sul foram plantados 276.702 hectares de milho 2ª safra, o que representa 3% da área nacional. Nessa região, o levantamento também apontou que o desenvolvimento das lavouras está acima da média histórica.

No Centro Norte do Estado, os principais municípios produtores , em área de milho 2ª safra, foram Sidrolândia (46,3%), São Gabriel do Oeste (29,5%), Sonora (6,1%), Bandeirantes (5,1%), Campo Grande (4,1%), Coxim (2,4%), Alcinópolis (2,0%), Camapuã (1,3%), Terenos (1,3%) e Pedro Gomes (1,1%).

O Boletim de Monitoramento Agrícola Milho 2ª Safra e Cultivos de Inverno – Safra 2013/2014, referente a 1ª quinzena de maio de 2014, foi desenvolvido pela Conab com base em estudos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions