A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/03/2013 17:43

Ministério vai investir quase R$ 10 milhões na pesca e aquicultura de MS

Nícholas Vasconcelos
Ministro Crivella vem ao Estado para lançar Plano Safra e assinar convênios. (Foto: Divulgação)Ministro Crivella vem ao Estado para lançar Plano Safra e assinar convênios. (Foto: Divulgação)

O Ministério da Pesca e Aquicultura vai investir quase R$ 10 milhões na atividade em Mato Grosso do Sul este ano.

Segundo o superintendente federal da Pesca e Aquicultura no Estado, Luiz David Figueiró, os recursos já garantidos são destinados para convênios com a Agraer ( Agência Estadual de Extensão Rural), Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

No próximo dia 14, o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, virá a Campo Grande para o lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura, que é a agricultura na água. Na ocasião ele vai assinar também os convênios para a capacitação de técnicos e recursos.

“Fomentar a pesca não sentido de captura, mas no sentido de produção de alimentos, para que o pescador se torne um produtor rural”, disse Figueiró.

O superintendente explicou que o Ministério faz parcerias com os governos e municípios para disponibilizar os recursos, que em todo País somam R$ 4,1 bilhões.

Mato Grosso do Sul tem vantagem sobre os estados por ter as bacias hidrográficas do Paraná e Paraguai, além de lagos, rios e área para o cultivo de peixes. “O Estado tem água, terras e peixes nativos do Pantanal, como dourado, pintado e surubim”, detalhou.

Crivella vai assinar também a documentação necessária para o parque aquícola de Ilha Solteira, Leste de MS, para a produção de pescado na bacia do Paraná. Exemplo de produção que se espera que seja seguido por outros municípios, para que os produtores rurais possam produzir de forma associada “O peixe pode ser consorciado com qualquer atividade, o fazendeiro que tem boi pode criar peixe”, comentou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions