A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/09/2014 13:37

Ministro da Agricultura inicia plantio da soja e tranquiliza produtores

Helio de Freitas, de Dourados
Neri Gellir participou de evento que marcou início do plantio da safra em Dourados. (Foto: Divulgação/Famasul)Neri Gellir participou de evento que marcou início do plantio da safra em Dourados. (Foto: Divulgação/Famasul)

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, pilotou um trator com plantadeira, numa área experimental do Sindicato Rural de Dourados, para simbolizar a abertura nacional do plantio da safra de soja 2014/2015, na manhã desta quarta-feira, em Dourados, município a 233 quilômetros de Campo Grande. O governador André Puccinelli (PMDB) e o senador Waldemir Moka (PMDB) estavam e outra máquina agrícola.

O plantio simbólico feito pelo ministro encerrou a agenda dele em Dourados. Neri Geller chegou por volta de 9h no aeroporto municipal e seguiu direto para o Parque de Exposições João Humberto Andrade de Carvalho, onde houve a solenidade de abertura do plantio, organizada pela Aprosoja Brasil, Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Canal Rural.

Neri Geller tentou tranquilizar os produtores de Mato Grosso do Sul, principalmente os preços mínimos dos produtos agrícolas e sobre as dificuldades de estrutura de transporte e armazenamento de grãos. Afirmou que investimentos estão sendo feitos pelo governo federal para ampliar a capacidade de armazenagem e citou obras de duplicação de rodovias e melhorias aeroportuárias como ações concretas para tornar o país mais eficiente no transporte e escoamento da produção agropecuária.

Memória - Ao afirmar ter orgulho de ser colono - começou na agricultura familiar, no Rio Grande do Sul, antes de se tornar grande sojicultor em Lucas do Rio Verde (MT) - o ministro citou o governador André Puccinelli e o senador Waldemir Moka (PMDB) como líderes nacionais que assumem a defesa do agronegócio. "São grandes figuras que assumem a defesa do setor agropecuário e fazem o enfrentamento que nos levou avançar tanto nos últimos anos".

Diante da preocupação manifestada por líderes do agronegócio em relação ao preço dos produtos agrícolas no mercado atual, epecialmente a soja, Neri Geller anunciou que haverá nova AGF (Aquisição do Governo Federal) e que Mato Grosso do Sul será contemplado. "O governo vai trabalhar para garantir o preço mínimo e mais uma vez Mato Grosso do Sul será atendido".

Ele falou também das linhas de crédito disponibilizadas pelo governo federal e disse que teve aumento neste ano em relação à safra anterior. "Temos 150 bilhões de reais disponibilizados ao produtor rural, avançamos de R$ 28 bilhões em dez anos para esse montante atual, graças à organização do setor".

Neri Geller disse que não esquece as raízes, que é produtor rural e apenas está ministro "e equanto estiver no ministério não vou esquecer a minha responsabilidade com vocês, que é de defender a produção".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions