A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/09/2014 08:17

Ministro da Agricultura vem a MS para abertura do plantio de soja

Caroline Maldonado
Ministro Neri Geller estará em Dourados, no próximo dia 24 (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)Ministro Neri Geller estará em Dourados, no próximo dia 24 (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O lançamento do plantio de soja do ciclo 2014/2015 em Mato Grosso do Sul, que está previsto para o dia 24 de setembro, contará com a presença do ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Neri Geller. A abertura oficial será as 10h, no Sindicato Rural de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. No dia seguinte, haverá programação técnica voltada aos produtores rurais, profissionais ligados ao setor e estudantes. A estimativa, segundo a Aprosoja, é aumentar em pelo menos 3% a produção em relação ao ciclo passado, quando os agricultores colheram 86 milhões de toneladas.

Considerado polo regional do agronegócio, o município que sediará o lançamento da safra, produziu 374 mil toneladas na última safra de soja, distribuída em 146 mil hectares. Dourados faz ainda divisa com municípios de alto potencial produtivo como Itaporã e o maior produtor de grãos do Estado, Maracaju, conforme a Famasul.

Para o presidente da Aprosoja/MS, Mauricio Saito, o município receberá a abertura oficial do plantio também pela expressividade no agronegócio regional, que é possível graças as unidades de pesquisa das universidades e da Embrapa Agropecuária Oeste. “No mesmo ritmo de avanço que o Brasil, Mato Grosso do Sul segue em uma sequência de recordes de produção e produtividade”, afirma Mauricio Saito.

Os produtores rurais devem aproveitar a oportunidade para troca de informações, além de apresentar a “pujança da região” ao ministro, na opinião do presidente do Sindicato Rural de Dourados, Marisvaldo Zeuli. “Há potencialidades na produção desta região que precisa ser apresentada ao ministro. O evento será uma oportunidade de troca de experiências entre produtores, de enriquecimento técnico e de ouvir os planos do Governo Federal para o futuro do agronegócio”, enfatiza Zeuli.

O evento é organizado pela Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), Aprosoja Brasil, Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Canal Rural. A entidades do setor prevem safra recorde, que pode alcançar 88 milhões de toneladas do grão, mesmo com os riscos climáticos. Durante o lançamento, os primeiros resultados da pesquisa sobre o controle da lagarta helicoverpa serão apresentados, pelas entidades responsáveis, a Fundação MS, Fundação Chapadão, Embrapa, com apoio da Aprosoja/MS e Seprotur.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions