A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/03/2015 11:31

MS aumenta abate de bovinos e volta a ser 2º no ranking de 2014

Caroline Maldonado
Volume de bovinos abatidos ultrapassou 1 milhão de cabeças e cresceu 0,9 % nesses últimos três meses do ano (Foto: Volume de bovinos abatidos ultrapassou 1 milhão de cabeças e cresceu 0,9 % nesses últimos três meses do ano (Foto:

No último trimestre de 2014, Mato Grosso do Sul abateu mais bovinos em relação ao mesmo período do ano passado e voltou a ser o segundo no ranking nacional, perdendo apenas para Mato Grosso. O volume abatido ultrapassou 1 milhão de cabeças e cresceu 0,9 % nesses últimos três meses do ano, enquanto o Estado vizinho registrou queda de 6 %, conforme divulgado hoje (19) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O Estado havia perdido a posição, no terceiro trimestre do ano passado, quando o abate foi de 102 mil cabeças a menos. 

Em terceiro lugar, está São Paulo, que abateu 5,6 % a menos, seguido de Goiás, com saldo negativo de 5,3 %. Com isso, Mato Grosso do Sul é um dos seis que tiveram saldo positivo em relação ao mesmo período de 2013, dentre as mais de 16 unidades da federação pesquisadas.

O abate de suínos também registrou alta. Foram 6,1 % a mais, o Estado fica em oitavo lugar na lista e é um dos que colaborou com as exportações da carne no país. Conforme a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), MS exportou 3,6 mil toneladas, o que significa 2,36 % a mais na comparação com o último trimestre de 2013.

O saldo é positivo para MS também no abate de frangos. Houve acréscimo de 7,7 % no volume abatido, em relação aos três últimos meses do ano anterior e, com isso, o Estado é o oitavo no ranking, que é liderado pelo Paraná, seguindo de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A produção de leite em MS cresceu 12,2 % no último trimestre de 2014, em relação ao mesmo período do ano anterior. Mato Grosso teve queda de 3,5 % na produção. Ovos de galinha também apresentaram retração no volume produzido, menos 4,8 %.

Brasil - Em todo o país, o abate de 362.704 cabeças de bovinos a menos no 4º trimestre de 2014, na comparação com igual período do ano anterior, teve como destaque Mato Grosso (-88.428 cabeças), Rondônia (-74.926 cabeças), São Paulo (-51.916 cabeças), Goiás (-45.186 cabeças) e Tocantins (-35.405 cabeças). No 4º trimestre de 2014, o Brasil abateu 8,525 milhões de cabeças de bovinos. 

Segundo o IBGE, no 4º trimestre de 2014 foram abatidas 9,495 milhões de cabeças de suínos, representando queda de 1,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 5,3% na comparação com o mesmo período de 2013. Este resultado é o melhor 4° trimestre desde que a pesquisa foi criada em 1997.

No último trimestre de 2014 foram abatidas 1,406 bilhão de cabeças de frangos, registrando o melhor desempenho entre os trimestres, desde que a pesquisa foi iniciada. Esse resultado foi praticamente estável (-0,1%) em relação ao trimestre imediatamente anterior e 3,7% maior que o 4º trimestre de 2013.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions