A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/07/2009 07:42

MS tenta no Chile reabrir mercado para a carne bovina

Redação

A secretária de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa, está hoje em Santiago, no Chile, onde participa do "Workshop Brazilian Beef", que acontece no Hotel Sheraton Santiago.

O evento é coordenado pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne e tem intenção de restabelecer os laços comerciais cortados em 2005, após ocorrência de focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul e no Paraná.

Ainda em 2005 o Brasil exportou para o Chile US$ 198,9 milhões em carne bovina (resfriada e congelada), um volume de 104,2 mil toneladas dos quais 2 mil toneladas teve como origem Mato Grosso do Sul, segundo a Secretaria de Produção. Hoje as exportações do Estado ao Chile se limitam à soja, açúcar, milho e farelo.

Em 24 de junho o Chile reconheceu como livres de febre aftosa com vacinação Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. O governo tenta desde o início do ano agendar a vinda de uma missão ao Estado para que Mato Grosso do Sul também entre nesta relação.

"Temos a mesma condição sanitária dos demais estados habilitados, mas para reabrir o mercado precisamos de uma visita técnica para verificação das condições sanitárias atuais", explica Tereza Cristina. Um vídeo institucional sobre o sistema de produção pecuário no Estado será distribuído às autoridades e potenciais importadores chilenos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions