A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/04/2009 18:58

Número de casos de ferrugem asiática cai no Estado

Redação

O número de casos de ferrugem asiática este ano caiu em comparação com o mesmo período de 2008. Até agora, foram registrados 132 focos da doença que atinge a cultura da soja, no ano passado os casos chegaram a 207.

Segundo a Iagro (Agência Estadual de Vigilância Animal e Vegetal), isso se deve a adoção do vazio sanitário, que vai de julho a setembro. Até o momento, o órgão calcula que 80% da safra de soja já tenha sido colhida.

"Os fiscais que estão em campo têm observado que os produtores estão mais conscientes da necessidade de informar a ocorrência de foco. Isso faz com que o controle da doença torne-se uma prática. O fungo pode ainda existir na propriedade, mas o aparecimento da doença vai se tornando cada vez mais raro", explica Marise Garcia, fiscal da área de defesa sanitária vegetal.

Aliada à maior conscientização dos produtores, a eficácia do vazio sanitário comprova a necessidade de monitorar a ferrugem. No ano passado, a Iagro aplicou 383 multas, destas, 134 foram devido à verificação da existência de tigüeras, brotos remanescentes da safra 2007/2008. As outras 249 autuações foram por falta de cadastro das áreas utilizadas no plantio.

De acordo com a área de inspeção sanitária vegetal, alguns produtores tiveram perdas por conta da ferrugem nesta safra. Em certos casos, houve replantio da cultura, mas isso não apresenta riscos nem pode aumentar as estatísticas.

"Somente culturas de ciclos mais longos, que serão colhidos até o começo de abril, podem apresentar algum foco. Mas o produtor está ciente que deve comunicar à Iagro para evitar punição e manter a produtividade da lavoura", alerta Marise.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions