A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/02/2008 07:37

Pecuarista recusa R$ 65,00 pela arroba e segura boi

Redação

Com mais fôlego para segurar o boi no pasto, pecuaristas conseguiram derrubar tentativa dos frigoríficos de baixar o preço da arroba do boi gordo e R$ 70,00 para R$ 65,00 nesta semana, segundo o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucído Coelho Neto. 

Segundo ele, no começo da semana as indústrias falavam em pagar R$ 65,00 pela arroba e como os produtores não compareceram com os produtos a este preço as unidades tiveram que operar com somente de 15% a 20% da capacidade de abates. Ontem os frigoríficos restabeleceram negociações a R$ 70,00 e os abates ocorreram com maior força, cerca de 70% da capacidade.

Segundo Laucídio, a oferta está pequena porque as chuvas demoraram a vir e consequentemente o gado demorou mais para engordar. Como as precipitações neste início de ano ocorrem com regularidade, o produtor também está conseguindo segurar mais o boi no pasto. Outro fator, afirma, que deu fôlego para o pecuarista negociar é o preço de R$ 70,00 atingindo no fim do ano passado que permite que ele venda menos animais para conseguir remunerar os custos e ter renda. A restrição das compras de carne brasileira pela Europa, a partir deste mês, não refletiram nos preços. O mercado interno representa cerca de 80% do destino da produção de carne bovina brasileira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions