A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

07/02/2018 18:22

Pequenos agricultores irão fornecer alimentos para a Marinha de Ladário

Base Fluvial vai receber à mesa alimentos como frutas, verduras, legumes, polpa, laticínios, mel e peixe.

Anahi Gurgel
Berringela e hortaliças produzidos por agricultores familiares na região do Pantanal. (Foto: Divulgação Agraer/Ladário)Berringela e hortaliças produzidos por agricultores familiares na região do Pantanal. (Foto: Divulgação Agraer/Ladário)

Agricultores familiares da região do Pantanal estão na lista dos fornecedores selecionados para atender demanda da Marinha do Brasil por alimentos como frutas, verduras, legumes, polpa, laticínios, mel e peixe. A negociação será realizada por meio do PPA (Programa de Aquisição de Alimentos), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Ao todo serão comercializados ao Centro de Intendência da Marinha de Ladário 53 itens, como alface, coentro, cebolinha, salsa, manjericão, cenoura, mamão, abobrinha verde, quiabo, pimentão e tomate cereja. O investimento previsto é de R$ 224 mil.

Neste modelo, os fornecedores conseguem comercializar seus produtos de forma simplificada, uma vez que a legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos públicos venham da agricultura familiar.

Todos os produtores são atendidos pela Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) nos municípios de Ladário e Corumbá.

A negociação beneficiará a própria Marinha, com entrega de alimentos cultivados sem o uso de defensivos e adubos químicos.

Grande parte dos produtores já participava do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), fornecendo alimentos para a merenda escolar para escolas municiais e estaduais.

Brasil - Além de Mato Grosso do Sul, unidades da Marinha e do Exército de Bahia e Rio Grande do Sul lançaram editais de chamadas públicas para comprar alimentos dos agricultores familiares.
Na Bahia, a Primeira Companhia de Infantaria, do Exército, vai adquirir R$ 68 mil em legumes e hortifruti. No Rio Grande do Sul, o Comando do 5º Distrito Naval da Marinha, em Porto Alegre, vai investir R$ 325 mil na compra de carnes, lácteos, hortifruti e farináceos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions