A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/01/2015 07:57

Pequenos produtores terão espaço para negociações na Showtec 2015

Caroline Maldonado
Com mais de 120 expositores confirmados, exposição divulgou programação no site (Foto: Divulgação/Fundação MS)Com mais de 120 expositores confirmados, exposição divulgou programação no site (Foto: Divulgação/Fundação MS)

Pequenos produtores terão espaço reservado para troca de ideias e negociações na feira agropecuária Showtec 2015, marcada para 21 a 23 de janeiro, em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande. A programação do evento está disponível no site www.portalshowtec.com.br. Com mais de 120 expositores confirmados, a exposição apresentará 500 tecnologias que impulsionam as cadeias produtivas.

O Circuito de Pequenos Negócios Rurais tem início as 14h do dia 21, com discussões sobre sistema de produção de leite com gado confinado, análises da qualidade do leite e manejo de pastagens. No dia seguinte, será apresentado o porjeto Pais (Produção Agropecuária Integrada e Sustentável) e se reunirão produtores interessados no processamento mínimo de alimento. As 14h, o foco o manejo de pastagens e analise da qualidade do leite.

No dia 22, as 8h e as 14h e no dia seguinte, as 8h tem programação no estande da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), com painéis de discussão sobre sistema de produção sustentável, alternativas para redução dos custos de produção, integração lavoura-pecuária e manejo integrado de plantas daninhas. Os pesquisadores farão ainda demonstração sobre inteligência artificial, detalhando o uso de novas ferramentas para a gestão dos sistemas de produção.

Aos produtores de cana-de-açúcar, o estande da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), realizará seminário sobre manejo varietal de cana-de-açúcar, palestra sobre o programa de melhoramento e resultados para Mato Grosso do Sul, no dia 22, as 8h. As 14h,  haverá exposição de casos de sucesso do setor.

A interação da comunidade científica do Estado garante a renovação dos atrativos da feira todos os anos, segundo o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes. “Temos parcerias com a Embrapa, universidades e outras instituições, que irão mostrar os resultados de pesquisas e inovações tecnológicas para o agro. Dessa forma, o produtor poderá levar mais conhecimento e segurança para seu ambiente de produção”.

O programa Mais Floresta, desenvolvido pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) será exposto no dia 23, as 8h e 14h. Os benefícios da Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF), bem como a formação de pastagens e casos de sucesso em Mato Grosso do Sul serão o foco do estande.

Novidade nesta 19ª edição da feira, o projeto Máquina de Ideias trará temas importantes para o setor, unindo profissionais de outras áreas, com diferentes ferramentas e formas de pensar, para trabalhar no agro, de acordo com um dos criadores do projeto e pesquisador da Fundação MS, André Lourenção.

O evento tem ainda o tradicional Giro Tecnológico, no qual palestras técnicas com pesquisadores da Fundação MS abordarão temas como variedades de soja, descompactação do solo, consórcio de soja, controle biológico e reforma de pastagem. A ideia é mostrar ao produtor a amplitude das novas variedades existente no mercado e como utilizar as tecnologias corretas para aumentar a produtividade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions