A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

07/01/2018 16:35

Perto do fim do prazo, 17% da área com soja ainda não foram cadastradas

Balanço mostra que faltam regularização de 458 mil hectares plantados com o grão

Osvaldo Júnior
Lavoura de soja; parte da área de MS ainda não foi cadastrada na Iagro (Foto: Divulgação/Famasul)Lavoura de soja; parte da área de MS ainda não foi cadastrada na Iagro (Foto: Divulgação/Famasul)

A três dias do fim do prazo para cadastramento no sistema da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), 17% da área plantada com soja ainda não foram regularizadas. De acordo com a Semagro ( Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), foram cadastradas 2,213 milhões de hectares de um total de 2,671 milhões de hectares.

Os números foram divulgados neste domingo (dia 7) e têm como referência balanço feito na semana passada. Conforme a sondagem, 458 mil hectares de lavouras de soja ainda precisam ser cadastradas considerando o total de área com plantação da oleaginosa, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A Semagro informou que produtores de oito municípios – Água Clara, Angélica, Deodápolis, Fátima do Sul, Taquarussu, Três Lagoas, Juti, Paranhos – já finalizaram o cadastro.

Maior produtora de soja de Mato Grosso do Sul, Maracaju ainda tem 10% de área plantada estimada em 265 mil hectares para ser cadastradas. Em Ponta Porã devem ser plantados 215 mil hectares com o grão, mas ainda faltam 12,55% da área no cadastro. O governo acredita que a meta de 2,671 milhões de hectares será atingida.

O cadastro da área, necessário para implementação de medidas de defesa sanitária e vegela, é obrigatório. O procedimento é feito exclusivamente pela internet. A não realização implica em autuação e multa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions