A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

17/07/2018 10:19

Preço da soja teve leve alta no mercado de MS em julho

A valorização foi de 24,9% se comparado ao mesmo período de 2017.

Ricardo Campos Jr.
Soja colhida em safras passadas em Mato Grosso do Sul: vendas da produção estão mais avançadas em 2018 (Foto: Marcos Ermínio/arquivo)Soja colhida em safras passadas em Mato Grosso do Sul: vendas da produção estão mais avançadas em 2018 (Foto: Marcos Ermínio/arquivo)

O preço da saca de soja em Mato Grosso do Sul teve alta de 0,98% entre as primeiras dezenas de junho e julho deste ano. Segundo boletim da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado), o produto foi cotado em R$ 73,81 entre até a última terça-feira, valorização de 24,9% se comparado ao mesmo período de 2017.

Entre os municípios, Chapadão do Sul teve a maior alta. O preço naquele município, que fica a 321 quilômetros de Campo Grande, foi de R$ 70 para R$ 73,50 durante o período analisado, o que corresponde a uma variação de 5%.

Por outro lado, a soja vendida pelos produtores das cidades de Dourados e Caarapó é a mais valorizada do estado. A saca está saindo por R$ 75 nessas duas localidades.

Na Capital, o preço da oleaginosa foi cotado em R$ 73 no último dia 10 de julho, acréscimo de 2,82% em relação ao preço levantado no começo de julho, que era de R$ 71, conforme o boletim da Famasul.

Essa alta está sendo sustentada principalmente pela valorização no dólar. A moeda norte-americana chegou a R$ 3,92 no último dia 6.

Com relação à comercialização, o estado já vendeu 73,04% da soja colhida na safra 2017/2018, avanço de 13 pontos percentuais em relação ao mesmo período no ciclo passado. Esse crescimento mostra que o produtor está atento às janelas de comercialização para fazer os melhores negócios.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions