A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/08/2011 16:02

Nelsinho autoriza construção de 11 pontes de concreto na área rural

Edmir Conceição*
Nelsinho Trad exibe a ordem de serviço para construção de pontes. (Foto: Cassimiro Silva)Nelsinho Trad exibe a ordem de serviço para construção de pontes. (Foto: Cassimiro Silva)

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB), junto com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio, Edil Albuquerque, assinou a ordem de serviço para construção de 11 pontes de concreto na zona rural da Capital, além da manutenção de estradas vicinais.

A Prefeitura vai investir R$ 2.381.271,00, sendo R$ 1.950.000,00 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e R$ 432.271,00 de contrapartida do Município.

As pontes de concreto com 12 a 15 metros de extensão serão construídas nos córregos Abismo, Estiva, Monte Alvão, Paraíso I, Soltinho e Paraíso II. Já nos córregos Inferninho, Pulador, Salto e Anta serão construídas pontes com 10 metros de comprimento.

Para o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Ruy Fachini, a construção das 11 pontes na zona rural de Campo Grande é um grande ganho para os produtores de Campo Grande. “As pontes de concreto vão beneficiar no escoamento da produção agrícola. Essas pontes chegam num momento em que os produtores cobram melhoria da logística e na distribuição de alimentos. O prefeito e sua equipe estão de parabéns por realizar mais estas obras que beneficiam os produtores rurais”, disse.

Segundo o prefeito Nelson Trad Filho, a construção das pontes irá sanar de vez o problema do escoamento da produção agrícola. “Toda vez que chove, nós temos problemas com alguma ponte que cai. Os produtores, além de ficarem longe da cidade, têm toda dificuldade de trazer os alimentos. Com a construção dessas pontes, vamos facilitar o trabalho deles”, considerou o prefeito.

Edil Afonso Albuquerque disse que as pontes ficarão prontas nos próximos doze meses. “Os engenheiros da empreiteira responsável pela construção das pontes nos informaram que, durante a execução dos serviços, os produtores poderão escoar suas produções normalmente. A nova ponte de concreto será construída ao lado da ponde de madeira, que será retirada do local somente quando a outra estiver pronta. Vamos aproveitar todo o material das pontes velhas para colocar em outro local para que não tenhamos desperdício de materiais”, afirmou.

O chefe da Divisão de Política e Desenvolvimento Agropecuário da Superintendência Federal da Agricultura, Celso Martins, informou que o projeto para construção das 11 pontes começou em 2009 e somente agora está sendo concluído. “Este processo não para por aí, uma vez que a Prefeitura de Campo Grande enviou projeto para construção de 20 pontes e 11 delas serão construídas. Resta para nós trabalhar e enviar um novo projeto para construção das nove pontes. Nós temos trabalhado em parceira com a Sedesc e viabilizando outras parcerias para o município de Campo Grande, que valorizam cada vez mais a comunidade rural. Estamos acompanhando os trabalhos da administração do prefeito Nelson Trad Filho que deve marcar época no desenvolvimento rural”, enfatizou Martins.

(Com informações de Emidio Denardi/PMCG)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions