A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/11/2008 10:34

Produção da Seara continua parcialmente paralisada

Redação

A Seara informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a negociação com funcionários ainda não avançou e a unidade de Sidrolândia continua com a produção parcialmente paralisada. Há diretores da matriz, de Itajaí (SC), em Sidrolândia, para conduzirem a questão.

Desde às 18 horas de ontem cerca de dois mil trabalhadores que atuam na área de produção estão de braços cruzados e os abates foram afetados. Eles deflagraram greve porque não houve acordo no reajuste salarial e do adicional de insalubridade, segundo disse o presidente do Sindaves (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carne e Alimentação), Sérgio Bolzan.

Não participam da greve os outros 600 que atuam na fábrica de ração, granja de matriz, incubatório e setor administrativo.

A unidade tem a maior produção de Mato Grosso do Sul deixa de abater. A média de abates diários é de 160 mil aves.

Integrados

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions