A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

12/12/2017 14:23

Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional

Estado colheu 19,22 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas

Osvaldo Júnior
Colheita de soja; neste ano, volume cresceu 22% em Mato Grosso do Sul conforme o IBGE (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)Colheita de soja; neste ano, volume cresceu 22% em Mato Grosso do Sul conforme o IBGE (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)

A produção sul-mato-grossense de grãos teve, neste ano, aumento acima da média nacional. De acordo com o LSPA (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola), divulgado nesta terça-feira (12) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o volume colhido na safra 2016/2017 no Estado somou 19,22 milhões de toneladas, alta de 40% sobre o ciclo anterior. No País, o incremento foi de 30,2%.

No ano passado, foram colhidos 13,68 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas nos campos de Mato Grosso do Sul. Neste ano, o volume aumentou em 5,53 milhões de toneladas. Esse avanço se relaciona ao melhor aproveitamento das áreas plantadas.

O destaque é o milho (segunda safra), cuja produção cresceu 61,5%, de 5,91 milhões para 9,547 milhões. Com avanço contabilizado por outros estados, Mato Grosso do Sul permaneceu em terceiro lugar no ranking de produção do grão, superado por Mato Grosso e Paraná.

A soja também apresentou majoração expressiva: 22,8%, de 7,389 milhões de toneladas para 9,071 milhões de toneladas na comparação entre as colheitas deste ano e de 2016. Mato Grosso do Sul continua como o quinto maior produtor nacional, atrás de Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Paraná.

Outros produtos também registraram altas significativas, como, por exemplo, o feijão da segunda safra (107%), sorgo (33%), aveia (30,5%) e algodão (17,8%).

O crescimento da produção resulta do melhor produtividade. No total, a área plantada cresceu 3,2%, de 5,149 milhões de hectares para 5,316 milhões de hectares. Já a área colhida subiu 8,6%, de 4,894 milhões de hectares para 5,314 milhões de hectares. Ou seja, houve aproveitamento praticamente de toda área plantada.

Colheita de milho; produção cresceu 61% em MS (Foto: Arquivo)Colheita de milho; produção cresceu 61% em MS (Foto: Arquivo)

Projeção – Os volumes recordes deste ano podem não ser repetidos na próxima safra. Em todo o País, conforme prognóstico do IBGE, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas pode somar 219,5 milhões de toneladas, 9,2% abaixo da safra de 2017.

Todos os estados devem acompanhar essa retração. Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, a produção de soja tende a recuar em 3,9%. No Brasil. A redução pode ser ainda maior, de 6,6% em 2018 na comparação com a safra deste ano.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions