A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/10/2014 13:40

Produção de milho safrinha em MS representa 17% da nacional

Priscilla Peres
Centro-Oeste se mantém líder na produção nacional de grãos. (Foto: Famasul)Centro-Oeste se mantém líder na produção nacional de grãos. (Foto: Famasul)

A produção sul-mato-grossense de milho safrinha na safra 2014/15, representa 17% do total do país em termos de área plantada e colhida, o que soma 1.550 mil hectares cultivados com o grão, apenas 3% a mais do que na safra passada. Em termos de produção, O Estado chegou a 7.905 milhões de toneladas, 9,9% a mais que no ano passado.

Segundo dados divulgados no Levantamento de Produção Agrícola, pesquisado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Centro-Oeste responde por 68,1% da produção total do milho safrinha, estimada em 47.473 milhões de toneladas.

Em relação a soja, Mato Grosso do Sul é responsável por 7,3% da produção nacional na safra 2014/15, com 6,312 milhões de toneladas, 9,2% maior em relação a safra 2013/2014. Neste safra, o IBGE estima que a produção dos Estados do Centro-Oeste chegue a 41.726 milhões de toneladas, representando 48,4% do total. A produção do país está estimada em 86,204 milhões de toneladas, 5,5% a mais que no ano passado.

Mato Grosso do Sul está em fase de plantio da soja e a previsão é que a área plantada cresça 5%m chegando a 2,2 milhões de hectares na safra 2014/2015. A estimativa de produção é de crescimento de 4,1%, passando das 6 milhões de toneladas na safra passada para 6,3 milhões/toneladas.

O Estado a quinta posição entre os Estados na produção de cereais, leguminosas e oleaginosas - atrás de Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás - com participação de 7,6% da produção nacional. O Centro-Oeste é o maior produtor do país com 42,3%, seguido pelo Sul com 37,7%, o Sudeste com 8,9%, o Nordeste com 8,3% e a região Norte com 2,8%.

Nacional - De acordo com o levantamento do IBGE, a estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas para 2014 totalizou 193,5 milhões de toneladas, 2,8% a mais que a produção obtida em 2013, quando foi de 188,2 milhões de toneladas e 84.720 toneladas abaixo do levantamento de agosto de 2014.

A estimativa da área a ser colhida em 2014 (56 milhões de hectares) cresceu 5,9% frente a 2013 (52,8 milhões de hectares) e recuou 0,5% em relação ao levantamento de agosto.Somados, arroz, milho e soja respondem por 91,2% da estimativa da produção e por 85,1% da área a ser colhida.Em relação a 2013, houve acréscimos na área a ser colhida do arroz (0,2%) e da soja (8,2%), redução de 1,2% na do milho. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions