A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/05/2009 15:51

Produtores de MS, MT e GO discutem crise em frigoríficos

Redação

A FAEG (Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás) reuniu hoje em Goiânia entidades que representam produtores em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul na tentativa de estabelecer estratégias e evitar o calote de frigoríficos.

A Famasul é a representante sul-mato-grossense no encontro que discute a situação das indústrias frigoríficas em crise, com a presença do presidente Ademar Silva. Aqui no Estado, o caso mais recente de débito com os produtores envolve R$ 46 milhões do grupo Independência.

Segundo a assessoria de imprensa da FAEG, também participam da reunião representantes da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Goiás (Seagro), Associação Goiana de Novilho Precoce, Associação Goiana do Nelore, dos Criadores de Zebu, Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Associação Nacional dos Confinadores (Assocon), Associação dos Produtores do Vale do Araguaia (Aprova) e Associação dos Fazendeiros do Alto do Xingu (Asfax).

Após as discussões, uma nota oficial do encontro será divulgada com os planos para que os pecuaristas recebam o valor referente a venda de gado aos frigoríficos.

Em Goiás, a situação é pior que em Mato Grosso do Sul, porque oito frigoríficos estão em processo de recuperação judicial, sete deles parados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions